Select Page

Leixões vence em Famalicão

Leixões vence em Famalicão

O ‘aflito’ Leixões venceu hoje em casa do Famalicão por 2-0, à 22.ª jornada da II Liga de futebol, num jogo com estreias nos dois lados, onde o mérito vai para a frieza e pragmatismo.
Fatai, aos 29 minutos, e Porcellis, aos 63, fizeram os golos leixonenses, que chegaram a jogar nos últimos minutos em superioridade numérica graças à expulsão de Nuno Diogo (88).

O Leixões mantém-se na zona da despromoção, mas subiu uma posição (de 21.º para 20.º) e ganhou pontos aos adversários mais diretos, enquanto o Famalicão segue no 16.ª lugar, muito perto dos clubes que terão de disputar o ‘play-off’ que dita ou não a descida.

Brayan Riascos (ex-Desportivo da Huíla, da Colômbia) jogou pela primeira vez com as cores famalicenses, enquanto Porcellis (ex-União da Madeira) e Fati (emprestado pelo Moreirense) estrearam-se no clube de Matosinhos.

O primeiro lance de perigo pertenceu ao Famalicão com Diogo Cunha a atirar ao lado aos 14 minutos, mas os leixonenses rapidamente tomaram conta do jogo.

Aos 21 minutos, Fati atirou à figura de Victor Braga após cruzamento de Fatai que aos 29 não falhou o alvo e fez o primeiro golo dos visitantes, após passe de Porcellis, exatamente quem, aos 31, atirou ao poste da baliza minhota.

O Famalicão pareceu atarantado com as investidas do Leixões e não reagiu, ainda que Nandinho tenha tentado, trocando um médio defensivo, Fred Lopes, por um de cariz mais atacante, Mércio, ainda não estavam decorridos 40 minutos de jogo.

Mas o conjunto orientado por Kenedy estava mais focado e Lamas, de fora da área, quase fez o segundo, aos 41. Já nos descontos da primeira parte Fatai atirou por cima e Salvador ao poste (45+1).

No segundo tempo Porcellis não teve dificuldade em fazer o segundo e dar a tranquilidade ao Leixões com um remate de fora da área bem colocado (63 minutos).

O Famalicão só respondeu dez minutos depois, com Kisley a rematar para alívio difícil da defesa matosinhense, notando-se o nervosismo da equipa a casa, mas o conjunto forasteiro soube gerir bem a vantagem até ao final da partida.

Nos descontos (90+2), já o Famalicão jogava com menos um jogador por expulsão de Nuno Diogo, que viu segundo amarelo, Chiquinho podia ter feito o terceiro, mas, isolado, atirou ao lado.

Lusa

Foto: FC Famalicão

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização