Select Page

Feira de Artesanato e Gastronomia exalta memória famalicense

Feira de Artesanato e Gastronomia exalta memória famalicense

Tamancaria, ourivesaria, tecelagem, olaria, marcenaria e serralharia são artes que fazem parte da identidade histórica de Vila Nova de Famalicão e estarão em exposição na 32.ª Feira de Artesanato e Gastronomia, que decorre de 28 de agosto a 6 de setembro. E, como o nome indica, também haverá “tasquinhas” e cerca de uma dezena de restaurantes. Para animar o certame, Quim Barreiros atua a 2 de setembro, Rosamate a 5, assim como muitos artistas locais. O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, promotora da iniciativa, espera que a Feira “seja condigna com os pergaminhos dos famalicenses”

Jornal do Ave (JA): O que podemos esperar desta edição da Feira de Artesanato e Gastronomia?
Paulo Cunha (PC): A nossa expectativa em cada iniciativa, como a que vai decorrer este ano, é procurar superar o que já fizemos no passado. Esta é a ambição que devemos ter em cada desempenho que temos. Esperamos que esta Feira seja, por um lado, condigna com os pergaminhos dos famalicenses, que represente bem a sua história, memória e identidade e que, por outro lado, tem ambição de cativar muitos que não são de Famalicão para que aproveitem a oportunidade de nos visitar.

JA: Existem inovações na edição deste ano?
PC: O ano passado apresentamos um formato diferente ao nível do direito de ingresso, porque introduzimos nos dez dias, oito dias de entradas gratuitas e dois dias de entradas pagas e este ano optamos por todos os dias terem entradas gratuitas.

JA: Quais são as mais-valias deste tipo de iniciativas?
PC: O grande mote destas iniciativas é, acima de tudo, evidenciar o que caracteriza Famalicão. Essencialmente, é uma mostra do que nós somos, do nosso potencial e do nosso saber fazer. Queremos que se saiba fazer sempre o são convívio entre o passado e o presente. Sabemos que ao longo de muitos séculos de história o concelho de Famalicão cresceu e desenvolveu-se. É hoje, claramente, um concelho dos maiores e mais dinâmicos a nível nacional. Mas continua a sua raiz numa relação com o artesanato e com a boa gastronomia.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização