Famalicão recebeu exposição regional com mais de duas mil aves

Famalicão recebeu exposição regional com mais de duas mil aves

Aves para todos os gostos, para quase todas as cores e feitios. Diamante de Gould, agapornis, canários, psitacídeos, papagaios e aves exóticas foram algumas das espécies que fizeram as delícias dos amantes de aves que este fim de semana passaram pelo Lago Discount, em Ribeirão, Vila Nova de Famalicão, para visitar a 7.ª Expo Aves Regional “Portas do Minho”.
Segundo adiantou José Caldeira, presidente do Clube Ornitológico de Vila Nova de Famalicão, esta “é considerada como uma das melhores exposições regionais de todo o país, tanto em quantidade como em qualidade de aves”. Falamos de “cerca de 2100 aves”, de “largas dezenas de espécies”.
A maioria delas foram a concurso e avaliadas “em dez parâmetros, desde posição, plumagem, cor, melanina, porte em si”.
Depois são pontuadas “de um a dez” e podem chegar a uma pontuação máxima de “cem”, sendo já considerada “uma ave perfeita”, algo que de acordo com Bernardino Leal, presidente do Clube Ornitológico da Trofa, “é muito difícil”. Durante os três dias, a exposição (2 a 4 de dezembro) correu “bem”, sendo que “domingo foi o pico de afluência”, com muitos visitantes e amantes de aves a visitar a exposição. Além das aves, encontravam-se no recinto “164 expositores” que aproveitam para vender os seus produtos, incluindo aves. “As pessoas adoram”, afirmou José Caldeira. Durante os três dias de exposição foram sendo entregues os troféus aos donos das melhores aves levadas a concurso.
Dois dos campeonatos nacionais já se realizaram em Vila Nova de Famalicão, “um deles considerado o maior de todos os tempos em Portugal, que foi em 2007”, desvendou o presidente do Clube Ornitológico de Vila Nova de Famalicão. “Agora vamos fazer um (campeonato) nacional em 2017 e esperamos que venha a ser um êxito”, adiantaram os dois presidentes.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização