Fado é internacional graças a Amália

O fadista Ricardo Ribeiro esteve em Vila Nova de Famalicão para um duplo momento: interpretar temas do novo álbum e falar sobre o sucesso da internacionalização do fado.
Ricardo Ribeiro encontra uma razão, ou melhor, um nome para explicar o percurso bem-sucedido deste estilo musical tão português: Amália Rodrigues. “A ela se deve o sucesso da internacionalização do fado. Será sempre a nossa embaixadora no mundo”, disse, perante uma plateia que lotou o grande auditório da Casa das Artes.
Já distinguido com dois Prémios Amália, Ricardo Ribeiro começou a cantar ainda jovem nas coletividades lisboetas de recreio e em casas de fado, onde ainda hoje vai com regularidade. “Nas casas de fado canto para dez nacionalidades”, elucidou.
Esta iniciativa contou ainda com as presenças de Vasco Sacramento, Joaquim Oliveira e Ricardo Fonseca. Para 3 de junho está agendada nova conferência dedicada a outra área onde Portugal se afirmou internacionalmente, no caso o Vinho do Porto, a ter lugar no Centro de Estudos Camilianos.
Estas ações fazem parte do projeto Empresariato que a Câmara Municipal, através do Famalicão Made IN, está a desenvolver com o objetivo de colocar o pensamento empresarial na ordem do dia.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem