https://bit.ly/3llPPDx

https://muroplaco.pt/pt

Câmara de Famalicão já apoiou a colocação de iluminação LED em 20 recintos desportivos

A aposta na sustentabilidade e na eficiência energética já levou a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão a substituir e a melhorar os sistemas de iluminação de duas dezenas de recintos desportivos do concelho, num investimento municipal que já ultrapassa os 350 mil euros.

O trabalho de substituição dos projetores de halogéneo para sistemas de iluminação LED dos campos das associações desportivas federadas e dos clubes que competem no Campeonato Concelhio Amador de Famalicão arrancou no início de 2019 com o apoio da autarquia famalicense e já abrangeu 20 recintos.

Para além de ser uma tecnologia mais amiga do ambiente e de proporcionar uma poupança mensal substancial na fatura energética dos clubes, a nova iluminação LED trouxe também melhores condições para a prática desportiva, aumentando a qualidade da rotina de treinos dos atletas e, em alguns casos, permitindo a realização de jogos oficiais noturnos.

“É um investimento que tem um impacto imediato naquela que é a atividade dos clubes e dos seus atletas, mas que a longo prazo vai também ter outras repercussões não só no futuro destas coletividades, como também no futuro de todos nós”, diz a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, lembrando que esta solução contribui para uma redução de cerca de 8 toneladas de dióxido carbono por ano e uma redução do consumo energético mínimo dos clubes em cerca de 8 mil euros anuais.

A União Desportiva de Calendário, o Grupo Desportivo de Joane, o Bairro Futebol Clube, o Clube Desportivo de Lousado, o Grupo Desportivo de Cavalões, a Associação Desportiva Ninense e o Sporting Clube Cabeçudense foram alguns dos clubes que já beneficiaram desta medida.

Recorde-se ainda que a preocupação do Município de Famalicão com a eficiência energética já se faz também notar nos complexos municipais desportivos, nomeadamente nas piscinas do concelho.

No último ano, o executivo municipal avançou com projetos de sustentabilidade para as piscinas de Joane, Oliveira de São Mateus e, mais recentemente, de Ribeirão, num investimento superior a um milhão de euros.

Para além da poupança que representam para os contas da autarquia, as intervenções realizadas vão também permitir melhorar o desempenho energético dos complexos municipais. A instalação de unidades de ventilação novas, de painéis solares térmicos e fotovoltaicos, a substituição da iluminação existente para tecnologia LED foram alguns dos trabalhos efetuados.

Leia também...