Autarquia com apoio reforçado ao hóquei e ténis

O Riba d’Ave Hóquei Clube (RAHC) foi a associação que mais beneficiou com o mais recente pacote de subsídios atribuídos pelo executivo autárquico. A coletividade, que tem a equipa sénior masculina a militar na 1.ª Divisão, recebeu um apoio financeiro de cem mil euros, a maior fatia dos 242 mil euros deliberados na reunião de executivo de Famalicão, a 24 de outubro, para apoiar associações desportivas. O RAHC viu, recentemente, o Parque das Tílias, pavilhão onde realiza os jogos, melhorado, numa intervenção que custou cerca de “205 mil euros” e que consistiu na “requalificação da fachada do edifício e na substituição da cobertura e da iluminação, com a inserção de lâmpadas LED”, explicou fonte da autarquia.
Deste pacote de apoio ao desporto no concelho, o Ténis Clube de Famalicão receberá “uma verba no valor de 70 mil euros”, com o objetivo de contribuir para a construção de uma sede e balneários de apoio.
Já ao Grupo Desportivo da Carreira foi deliberado um apoio de “20 mil euros” para a construção de bancadas de apoio à área de jogo do clube, enquanto o Grupo Desportivo do Louro terá “dez mil euros” para melhorar os balneários das instalações desportivas. O Bairro Futebol Clube contará com “oito mil euros” para construir casas de banho para o público.
“O executivo municipal aprovou também a primeira de duas tranches, no valor de 34 mil euros, destinada à manutenção dos campos de futebol relvados para a presente época desportiva, que no total implicará um investimento municipal anual na ordem dos cem mil euros. Este último apoio destina-se ao Grupo Desportivo de Joane, Ruivanense A.C., Desportivo São Cosme, Operário F.C., Grupo Desportivo do Louro, S.C. Cabeçudense, C.D. Lousado, G.D. de Cavalões, A.D. Ninense, Grupo Recreativo de Vale São Martinho, Ribeirão 1968 Futebol Clube, G.D. de Fradelos, U.D. de Calendário e Bairro F.C”, anunciou a autarquia.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem