Select Page

Assaltante detido em flagrante por proprietário da Mascotinha

Assaltante detido em flagrante por proprietário da Mascotinha

O quiosque Mascotinha foi assaltado esta terça-feira, ao final da tarde, por um homem encapuçado, que foi detido pelo proprietário, Hernâni Gomes, com a ajuda de populares. Prejuízo ainda está por apurar.

Cerca das 18.30 horas de 13 de fevereiro, um homem encapuçado tentou assaltar o quiosque Mascotinha, localizado na Praça General Humberto Delgado, em Santo Tirso, “num dia de muito movimento devido ao Euromilhões”.
Hernâni Gomes, proprietário do estabelecimento, contou ao JA que se apercebeu, através do sistema de vídeovigilância, da “entrada repentina” do assaltante, que “tentou violentar a funcionária”. “Imediatamente me desloquei para o quiosque para tentar dominar a situação e envolvi-me em luta corpo a corpo com o assaltante”, descreveu. Depois disso, Hernâni Gomes foi auxiliado por algumas pessoas que acederam ao seu pedido de ajuda.
O homem tentou ainda agredir o proprietário “na direção do coração”, mas este desviou-se e acabou por ser ferido “no braço”. Hernâni Gomes recebeu assistência hospitalar, mas não apresentava cuidados maiores. “Ele foi detido por mim e alguns populares, a cerca de 20 metros da loja”, na Praça Conde São Bento, acrescentou.
A funcionária, de 51 anos e residente em Santo Tirso, informou a PSP que “o suspeito, através de agressão com uma chave de fendas, lhe havia subtraído uma quantia monetária do interior da caixa registadora”.
O prejuízo deverá rondar “os três a quatro mil euros”, mas os danos ainda não estão totalmente apurados. No entanto, adiantou o proprietário, “a caixa registadora ficou danificada, há valores que desapareceram e os seus óculos ficaram deteriorados”.
Em nota de imprensa a PSP informou que o indivíduo se deslocava numa viatura que havia sido roubada pouco tempo antes na Rua São João de Brito, em Santo Tirso. O veículo “foi entregue ao seu legítimo proprietário, que se deslocou ao departamento policial, onde formalizou a respetiva queixa”.
O assaltante, de 35 anos, motorista e residente em Setúbal, nunca foi visto na zona, à exceção da visita ao quiosque “uma hora antes para fazer o reconhecimento do local”. Acabou detido pela PSP, por tentativa de roubo, e foi presente a Tribunal esta quarta-feira, tendo-lhe sido aplicada prisão preventiva como medida de coação.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização