Select Page

“Arte Vicentina” mantém viva tradição de Sezures

“Arte Vicentina” mantém viva tradição de Sezures

Cerca de 15 horas de trabalho. Foi este o tempo que Manuel Faria levou para fazer a sua réplica do grande arco da festa em honra de S. Vicente, que por estes dias pode ser visto no alto do monte de S. Vicente, na pequena freguesia famalicense de Sezures. O trabalho do sezurense de 51 anos valeu-lhe o primeiro lugar no concurso “Arte Vicentina 2015”, cujos vencedores foram revelados esta quinta-feira, 22 de janeiro, no decorrer de uma mostra associativa.
A iniciativa, que colocou à prova a criatividade das gentes de Sezures, foi promovida pelo Município de Famalicão em parceria com a Junta de Freguesia, tendo premiado, ainda, os arcos dos sezurenses Fernando Santos e José Silva, com o segundo e terceiro lugares, respetivamente.
Trabalhos que o responsável pela pasta das Freguesias da autarquia famalicense, Mário Passos, teve ontem a oportunidade de conhecer. Perante a presença de várias centenas de populares, o autarca elogiou o grande envolvimento dos sezurenses na iniciativa, deixando ainda a garantia de que a Câmara Municipal irá continuar a promover e a valorizar as tradições e a identidade de cada uma das freguesias do concelho.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização