Select Page

XI JORNADAS DE SAÚDE MATERNA E PEDIÁTRICA DO MÉDIO AVE

XI JORNADAS DE SAÚDE MATERNA E PEDIÁTRICA DO MÉDIO AVE

A Associação Pediátrica do Minho em colaboração com o Serviço de Pediatria e Ginecologia/Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Ave e o ACES de Famalicão, organizaram no dia 16 de novembro, as XII Jornadas de Saúde Materna e Pediátrica do Médio Ave,

O evento teve lugar na Casa das Artes de V. N. de Famalicão que registou uma elevada participação com mais de 150 inscritos, oriundos de várias regiões do Minho e de outros pontos do país.

Na Sessão de Abertura estiveram o Presidente do Conselho de Administração do CHMA, o Vice-presidente da Câmara de V. N. de Famalicão, Ricardo Mendes, o vereador José Pedro Machado da Câmara de Santo Tirso, o Presidente Executivo do ACES de Famalicão, Ivo Machado, para além do Presidente das Jornadas, José Gonçalves de Oliveira e da Diretora do Serviço de Ginecologia/Obstetrícia, Angelina Pinheiro.

Na sua intervenção, António Barbosa enalteceu a vitalidade dos serviços participantes e as suas ambições e, referindo-se aos poderes municipais, enalteceu a boa colaboração existente entre os executivos camarários de Famalicão, Santo Tirso e Trofa e disse ter esperança na continuação deste contributo na concretização de novos projetos. Deu como exemplos a construção das Clínicas da Mulher, da Criança e do Adolescente, a de Santo Tirso já em pleno funcionamento e a de Famalicão prestes a arrancar com as obras.

José Pedro Machado enumerou e enalteceu as políticas de saúde do concelho de Santo Tirso, referindo existir da respetiva Câmara total abertura para ajudar a concretizar projetos e a ultrapassar constrangimentos.

Encerrou a sessão o vereador Ricardo Mendes que, além de enumerar as políticas municipais nas diferentes vertentes da saúde, louvou o trabalho dos profissionais de Centro Hospitalar e do ACES e a excelente colaboração existente entre as respetivas administrações e o Executivo Famalicense. Como exemplo deu a participação do município e de muitas empresas do concelho na concretização da Clínica da Mulher e da Criança, na Unidade de Famalicão.

Na sessão de “posters”, que encerrou as Jornadas, este ano muito concorrida (treze trabalhos admitidos), houve pela segunda vez a atribuição do Prémio Dr. Carlos Varela, instituído em 2017, destinado a contemplar o melhor deles. Foi atribuído por unanimidade a Filipa Pinto (coautores Ana Sofia Gomes, Joana Figueirinha, Sara Rolim, Helena Moreira Silva, Filipe Oliveira) que apresentou “AMENORREIA SECUNDÁRIA – UM SINTOMA COMUM COM UM DIAGNÓSTICO INESPERADO”.

José Gonçalves Oliveira, organizador das Jornadas e diretor do Serviço de Pediatria do CHMA, realçou que “nos últimos anos houve significativas mudanças na organização dos cuidados de saúde, na nossa região. A união dos Hospitais de Conde São Bento e de São João de Deus que deu origem ao Centro Hospitalar do Médio Ave e as alterações nos Cuidados de Saúde Primários, com a constituição das USF, são disso bons exemplos. Esta nova realidade trouxe-nos outra dimensão e as correspondentes vantagens e responsabilidades”. Neste sentido, “hoje, o Centro Hospitalar, fruto dessa dimensão, possui uma maior oferta de serviços, uma maior diferenciação técnica e mais especialização que, para além de proporcionar mais e melhores cuidados aos doentes, é capaz de atrair para os seus quadros profissionais mais qualificados e capazes de continuarem a valorizar-se”.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização