Santo Tirso tem 40 novos pontos de recolha de lixo seletiva

Ao todo são 40 novos ecopontos que já estão espalhados pelo concelho. O objetivo é reforçar a rede de equipamentos de recolha seletiva e incentivar a reciclagem. Com a instalação dos novos pontos de recolha de superfície, o Município passa a ter um rácio de um ecoponto por 199 habitantes.

Durante o mês de janeiro foram instalados 40 novos ecopontos espalhados por todas as freguesias do concelho. A medida surge no âmbito do processo de reforço de contentorização da recolha seletiva, numa parceria com a Resinorte. Aos 306 ecopontos já existentes no concelho somam-se mais 40 que foram instalados em locais onde foi detetada a necessidade.

O objetivo, garante o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, é “aumentar o número de ecopontos espalhados pelo Município, de modo a diminuir a distância que a população tem que percorrer para depositar os resíduos e estimular, assim, a reciclagem”.

Só em 2019, em Santo Tirso foram depositados nos ecopontos mais de 1200 toneladas de vidro, 600 toneladas de papel, 500 toneladas de embalagens e cerca de 900 toneladas de pilhas. O autarca defende que se trata de “números muito positivos”, mas assegura que o objetivo é “que a população se empenhe, cada vez mais, na reciclagem e que Santo Tirso se consolide, como um Município onde a sustentabilidade ambiental se sente nas várias vertentes”.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização