Auto Soluções

Parque da Devesa recebe cuidados extra na passagem do seu 10º aniversário

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a realizar podas de segurança numa centena de pinheiros-mansos e choupos antigos do Parque da Devesa, considerado o “pulmão verde” da cidade e que esta quarta-feira, dia 28 de setembro, celebra 10 anos de vida.

Com a realização destes trabalhos pretende-se eliminar ramos mortos e reduzir o volume da copa, baixando consideravelmente o risco de queda. A ação está incluída na candidatura “Valorização da Estrutura Arbórea Urbana – Vila Nova de Famalicão” que prevê ainda a plantação, no final do próximo ano, de 41 arbustos e mais 429 árvores de 23 espécies, a maioria de carácter ripícola, de folha caduca e autóctone, na margem ribeirinha do Rio Pelhe que atravessa o Parque da Devesa.

A candidatura foi aprovada no âmbito do Programa Operacional Compete 2020, relativo ao apoio à “Transição Climática – Intervenções de Resiliência dos Territórios Face ao Risco e (Re)arborização de Espaços Verdes e Criação de Ilhas-Sombra em Meio Urbano”.

A ação de plantação abrange uma área superior a 6 hectares, nas áreas mais planas junto ao rio, onde há ainda poucos exemplares de arbóreos adultos, mas também em zonas com grupos de espécimes que já necessitam de renovação.

Para além do aumento do coberto arbóreo do Parque da Devesa e da criação de zonas de estadia/convívio mais abrigadas e com mais sombra, a intervenção tem também como objetivos a amenização da temperatura ambiente no parque e na cidade, a melhoria da qualidade do ar e da água do rio, a promoção da biodiversidade, a reposição de árvores que caíram devido a condições meteorológicas adversas ou a outros fatores, o aumento da atratividade do parque e a mitigação das alterações climáticas através do sequestro de dióxido carbono e redução da temperatura.

As duas ações representam um investimento total previsto de 79.647 euros, dos quais 75.000 são comparticipados.

“É uma boa prenda que damos ao Parque. O cuidado que temos com este espaço de referência nacional, muito acarinhado e frequentado pelos famalicenses, é bem o espelho da importância que lhe reconhecemos”, refere a propósito o presidente da Câmara Municipal, Mário Passos.

Leia também...