Milhares já visitaram a Aldeia Natal – Jornal do Ave

https://muroplaco.pt/pt

Milhares já visitaram a Aldeia Natal

A cidade de Vila Nova de Famalicão ganhou cor e vida. A Praça D. Maria II transformou-se numa Aldeia de Natal e assim vai continuar até à altura dos Reis.

Depois da iluminação, o coração da cidade conta agora com um carrossel, um comboio e uma charrete turísticos, um mercado com 25 cabanas que apresentam o artesanato local, onde pode encontrar alguns presentes originais para as suas ofertas de Natal, uma pista de gelo e uma árvore de Natal. As atividades natalícias que estão a ser levadas a cabo em Vila Nova de Famalicão, durante o mês de dezembro, inserem-se na Campanha de Natal 2016, promovida pela Associação Comercial e Industrial de Famalicão (ACIF) e Unidade de Gestão do Centro Urbano, com o apoio da Câmara Municipal, sob o lema “Famalicão tem um presente para Si”.
À semelhança de anos anteriores, o objetivo é “aprofundar o espírito natalício no concelho, a tradição, a memória e alguns aspetos que são muito característicos desta época.
Mas um dos grandes objetivos é, também, atrair pessoas no contexto de proximidade do comércio (local) que precisa de estímulos para que seja cada vez mais frequentado”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.
O espírito natalício que recaiu sobre Famalicão “é uma mais-valia para a cidade e para os comerciantes, porque trazendo mais gente traz mais potenciais clientes”, considerou o presidente da ACIF, Fernando Xavier. Joane, Ribeirão e Riba D’Ave também vão entrar no espírito natalício e, além da iluminação, vão também receber a chegada do Pai Natal. Foi a forma que a ACIF encontrou de “chegar, dentro daquilo que são as suas possibilidades e orçamento, ao maior número de associados e famalicenses”, afirmou Fernando Xavier.
Mas a solidariedade não ficou esquecida. A cabana solidária do Pai Natal está pronta para receber géneros alimentares e de higiene para distribuir pelos mais desfavorecidos. “O Natal também é solidariedade, mas isso não significa que é só nesta altura que devemos olhar para os outros. Significa que nesta altura devemos estimular cada vez mais as pessoas para que olhem para os outros o ano todo”, afirmou Paulo Cunha.
O Natal chegou indiscutivelmente à cidade e logo no fim de semana de abertura da Aldeia Natal foram “milhares os famalicenses que visitaram” a Praça D. Maria II.

Leia também...