Select Page

Joaquim de Almeida apadrinha concurso de cinema jovem (c/ vídeo)

A segunda edição do Ymotion vai premiar o melhor trabalho cinematográfico a concurso com o Prémio Joaquim de Almeida. O primeiro ator português a singrar em Hollywood apadrinha o concurso e mostra de cinema jovem de Vila Nova de Famalicão e esteve presente na sessão de apresentação da iniciativa, na Casa da Juventude, no dia 23 de abril.

A iniciativa é organizada pelo município de Vila Nova de Famalicão, através do pelouro da Juventude, e dirige-se aos jovens dos 12 aos 35 anos.  “Promover a criação, produção e divulgação do cinema jovem português” e “fomentar sinergias entre escolas secundárias e instituições de ensino superior” são alguns dos objetivos do YMotion.
Joaquim de Almeida usou a própria história de vida para deixar a mensagem aos jovens de que “é preciso acreditar”. “Eu tive a iniciativa de me ir embora para tentar conseguir fazer alguma coisa e porque, há 40 anos, não havia a oferta que temos em Portugal. Mas estas iniciativas ajudam os jovens a desenvolver, a ir à procura e a ter, no seu meio, as capacidades para poder estudar e desenvolver a sua arte quer no cinema ou no teatro”, contou.
O ator, que anunciou a participação em dois novos filmes, defende que “é essencial que em locais como Vila Nova de Famalicão, os jovens, que estão longe da capital, sejam apoiados nestes projetos”.
Com esta iniciativa, Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Famalicão, quer ver os jovens “no palco da sociedade” como “atores principais”. “É muito importante pormos os jovens a descobrir a forma como eles podem dar contributos para a comunidade e que não sejam tão só consumidores do que os outros produzem. Às vezes, temos de colocá-los perante testes para eles perceberem que têm a vocação para uma determinada área”, frisou.
E ter Joaquim de Almeida a apadrinhar o concurso é como ter um carimbo de referência, considera Paulo Cunha: “Temos cá a maior figura de Portugal ligada ao cinema e a pessoa que está num top reduzido a nível mundial e que tem feito parte do elenco restrito de atores ligados a grandes filmes. São razões de sobra para que os jovens sintam que este é um prémio com dignidade”.
A segunda edição do concurso e mostra decorre de 5 a 12 de novembro e será dedicada ao tema “O meu lugar no mundo”. Este ano, a autarquia famalicense garantiu o apoio de várias instituições educativas do ensino secundário com cursos profissionais de audiovisual e multimédia e com a parceria de cerca de uma dezena de instituições de ensino superior, de norte a sul do país.

“Curtas” podem ser enviadas até 30 de setembro

O período de inscrições do YMOTION arranca já no próximo mês de maio e termina a 30 de setembro, data limite para a receção de candidaturas e submissão das curtas a concurso. A inscrição poderá ser feita online, através de formulário próprio disponível em www.ymotion.org, ou através de email, para ymotion.mostra@gmail.com. As curtas selecionadas irão depois integrar uma mostra cinematográfica. Ao todo serão atribuídos oito prémios, que vão dos 150 aos mil euros.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização