Auto Soluções- Campanha verão 2022

GNR identifica homem por captura ilegal de aves em Santo Tirso

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Santo Tirso, identificou um homem de 65 anos por captura ilegal de aves, no concelho de Santo Tirso, esta terça-feira.

“No âmbito de uma denúncia de captura ilegal de espécies, naquele concelho, os elementos do NPA deslocaram-se ao local onde verificaram a existência de oito gaiolas, com diversas aves no seu interior, as quais foram apreendidas”, pode ler-se no comunicado enviado pela GNR.

Na sequência das diligências, “foram resgatados quatro pintassilgos (Carduelis carduelis), dois lugres (Carduleis spinus), um bico-de-lacre-comum (Estilda astrild) e um dom-fafe (Pyrrhula pyrrhula), que foram entregues no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia para observação e posterior libertação ao seu habitat natural”.

O suspeito foi identificado e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.

A GNR relembra que quem capturar, destruir ou eliminar exemplares de espécies protegidas da fauna ou da flora selvagens, com recurso à utilização de meios e processos não autorizados, incorre num crime de danos contra a natureza e é punido com pena de prisão até cinco anos.

Leia também...