Select Page

Fazem-se passar pelos Bombeiros das Aves para cobrança de quotas

Fazem-se passar pelos Bombeiros das Aves para cobrança de quotas

“Dois homens vestidos com um casaco de ‘Bombeiros’ andam a fazer um peditório, a cobrar quotas e a vender rifas pelas freguesias da nossa área de intervenção (Vilarinho, Vila Nova do Campo (S.Mamede de Negrelos/ S.Salvador do Campo/S.Martinho do Campo), Roriz, S.Tomé de Negrelos, Lordelo, Rebordões e Vila das Aves)”, lia-se num comunicado emitido, a 11 de dezembro, pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves (AHBVVA). Contactado pelo Jornal do Ave, o presidente da AHBVVA, Carlos Valente, disse que “já o ano passado se verificaram situações destas”.
O alerta foi dado aos Bombeiros de Vila das Aves quando os supostos cobradores dos Bombeiros “foram a casa de alguém que tem familiares” na AHBVVA, adiantou o presidente. À parte do comunicado na página oficial, que contou “com mais de 52 mil visualizações e 800 partilhas em menos de 24 horas”, a direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila das Aves “já alertou a GNR” e “todos os párocos de freguesia da área de intervenção, com uma carta que foi lida em todas as missas durante o fim de semana”, esclareceu Carlos Valente.
O presidente da AHBVVA alertou ainda que “neste momento não há nada porta a porta, nem campanhas, nem quotas” e, relembrou que “não há qualquer cobrador na rua para as quotas”. “Foi enviada uma carta com os códigos” e o pagamento deve ser feito através de Multibanco, Payshop ou ao balcão” da Associação. Assim sendo, “toda a gente que aparecer em nome dos Bombeiros das Aves está a vigarizar a Associação e as pessoas”, finalizou.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização