Auto Soluções

DigitalReskilling é nova oportunidade de qualificação para 20 formandos

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em colaboração com o Instituto de Emprego e Formação Profissional e o Cesae Digital – Centro para o Desenvolvimento de Competências Digitais, assinalou esta quarta-feira, 25 de janeiro, o início do DigitalReskilling, um programa de requalificação profissional nas áreas emergentes das tecnologias digitais e business intelligence, com 20 formandos com qualificação de 12.ºano ou superior, mas em situação de desemprego, e que buscam aqui uma nova oportunidade de carreira.

“É um programa que resulta de uma auscultação prévia das necessidades das empresas, que são parceiras do processo, e uma oportunidade para estas pessoas que, apesar das qualificações, não encontraram nas suas áreas de formação oportunidades profissionais”, começou por apontar Augusto Lima, vereador da Educação e Ciência do Município de Famalicão.

“O desenvolvimento de novas tecnologias, de programação digital e tratamento de dados, é hoje fundamental para as empresas do concelho, que incorporam cada vez mais tenologia, investigação e desenvolvimento no que produzem. Este programa requalifica pessoas e responde a esta necessidade”, acrescentou.

O curso tem a duração de 950 horas, com a formação teórica a realizar-se na Casa da Juventude e a restante (cerca de 450 horas) feita em contexto de trabalho, em empresas parceiras como a Salsa, TMG, Vieira de Castro, VLB Group, Primor, CMW Foundries, entre outras.

A formatação deste programa, pelo enquadramento e envolvimento de diferentes agentes (Município, IEFP e universo empresarial) é exemplar e deve ser replicado, uma ideia assinalada por Carla Vale, Diretora Regional do Instituto de Emprego e Formação Profissional. “As respostas devem ser dadas conforme as necessidades e está aqui uma grande oportunidade para integrar estes ativos no mercado de trabalho, com uma perspetiva de carreira”, disse.

O programa é o cumprir também das políticas municipais de promoção da qualificação e aprendizagem ao longo da vida, criando e alargando oportunidades de qualificação que vão de encontro ao mercado de trabalho, medida também enquadrada no Ano Europeu das Competências (European Year of Skills), para impulsionar a competitividade, a participação e o talento.

Leia também...