https://www.facebook.com/associacaocomercialindustrialsantotirso/

https://muroplaco.pt/pt

Candidaturas à ocupação dos espaços do Mercado dos Lavradores arrancam esta quarta-feira

A nova Praça-Mercado de Famalicão é também o lugar dos produtores locais

A nova Praça – Mercado Municipal de Famalicão vai ter um espaço reservado
para que os produtores locais possam vender ocasionalmente os seus produtos
agrícolas, agroalimentares e pecuários, mas também para que os famalicenses
e habitantes dos concelhos limítrofes possam vender os excedentes dos seus
quintais e hortas.

As candidaturas para a ocupação do Mercado dos Lavradores, como é designado
o espaço destinado ao mercado cíclico, arrancam esta quarta-feira, dia 28 de
outubro, e podem ser efetuadas presencialmente, mediante marcação, no Balcão
Único do Município e nas Juntas de Freguesia do concelho, ou através do
envio de formulário próprio para o email camaramunicipal@famalicao.pt
<mailto:camaramunicipal@famalicao.pt> . A inscrição é gratuita.

O Mercado dos Lavradores, que funcionará de segunda a sábado, das 07h00 às
13h00, destina-se assim aos pequenos produtores, agricultores e criadores
que pretendam vender ocasionalmente os seus produtos no Mercado Municipal,
mas também aos famalicenses e habitantes dos concelhos limítrofes (Braga,
Guimarães, Santo Tirso, Trofa, Povoa de Varzim, Vila do Conde, Barcelos) que
queiram vender os excedentes de quintais, hortas, pomares e de pequenos
espaços de cultivo.

A periodicidade de venda, a indicação do espaço/terreno onde se localiza a
exploração e a indicação dos produtos que pretende vender são alguns dos
elementos que devem ser indicados no formulário de inscrição, disponível em
www.famalicao.pt/formularios-famalicao
<http://www.famalicao.pt/formularios-famalicao> , na área Administrativo.

Recorde-se ainda que, neste momento, estão também a decorrer, até às 23h59
do dia 2 de novembro, os concursos para ocupação dos espaços comerciais do
novo Mercado Municipal. No total estão abertos cinco concursos públicos para
os espaços que se encontram disponíveis na sequência da ampliação das
instalações e da não renovação de concessões por parte de anteriores
comerciantes.

Neste caso, os concursos decorrem na Plataforma Eletrónica de Contratação
Pública anoGov. Os interessados têm obrigatoriamente que estar registados na
referida plataforma e seguir os procedimentos habituais da contratação
pública. Os esclarecimentos podem ser feitos junto do Serviço de Contratação
Pública da Câmara Municipal.

Com a renovação do Mercado Municipal vai  surgir um espaço central em Vila
Nova de Famalicão, renovado, coletivo e moldável, assente na
multifuncionalidade e convivialidade, diferenciador e sustentável,
articulando espaços de trocas, de encontros, de partilha de saberes, sabores
e tradições. Será a verdadeira Praça do concelho como o foi ao longo dos
seus 68 anos de história.

Com um custo total de quatro milhões de euros, a intervenção conta com
verbas aprovadas no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano
(PEDU), assinado entre a autarquia e o Programa Operacional Norte 2020, que
garantiram um cofinanciamento FEDER de 3,1 milhões de euros.


Leia também...