Câmara de Famalicão vai monitorizar a qualidade do ar

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em parceria com a Universidade Lusíada de Famalicão, vai instalar no concelho dez estações meteorológicas para monitorização da qualidade do ar no território.

Os equipamentos serão implementados ao longo do próximo ano no Centro Escolar de Ribeirão, EB1 de Oliveira S. Mateus, Centro Escolar de Joane, Centro Escolar do Louro, EB1 de Cabeçudos, EB1 de Gondifelos, EB1 de Landim, na Universidade Lusíada, na Casa do Território, no Parque da Devesa, e na EB1 Vale do Este.

Serão recolhidas e analisadas as seguintes variáveis: velocidade do vento, direção do vento, quantidade de chuva, temperatura, humidade relativa, pressão atmosférica e inicio ao estudo da variável de dióxido de carbono.

Refira-se que o projeto está enquadrado na política de educação ambiental e, simultaneamente, educativa da autarquia famalicense, uma vez que os equipamentos instalados vão permitir a recolha de dados com o envolvimento de estudantes e docentes no processo.

Foi de resto, nesse sentido, que nos últimos dias os agrupamentos de escolas participantes no projeto estiveram envolvidos num conjunto de iniciativas formativas com a Universidade Lusíada para uma boa exploração dos equipamentos a instalar.

Refira-se ainda que a parceria com a Universidade Lusíada de Famalicão permitirá a aquisição, monitorização, tratamento e divulgação dos dados recolhidos à comunidade.

Contribuir para uma melhor compreensão e gestão das variáveis associadas ao meio ambiente é um dos principais objetivos deste projeto de monitorização da qualidade do ar, que terá a duração de três anos.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem