Vieira de Castro produz bolachas solidárias para combater cancro infantil

Durante alguns meses, na fábrica da Vieira de Castro produziram-se “milhares de caixas” de bolachas solidárias. A produção, suportada pela empresa famalicense, resulta da participação no projeto LUCAS, da Assessoria do Cancro Pediátrico do D115 Centro Norte de Lions Clubes, e que está direcionado para a investigação na área do cancro infantil, encabeçada pela Liga Portuguesa Contra o Cancro.

As caixas, identificadas com a mascote do projeto e com o logótipo do Lions Internacional, foram entregues à Governadoria D115 Centro Norte de Lions Clubes, que agora tem a missão de as vender, angariando verba para o Projeto LUCAS. Neste sentido, o Lions Clube de Vila Nova de Famalicão prestou uma homenagem ao presidente do conselho de administração da Vieira de Castro, Carlos Vieira de Castro, que coincidiu com a conclusão da primeira fase do Projeto LUCAS, que resultou na atribuição de uma bolsa de investigação de 15 mil euros para Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) e de cinco bolsas de estudo, no valor de mil euros cada, para cinco crianças com cancro.

“De acordo com os investigadores do IPATIMUP, este projeto contribuirá significativamente para aumentar a sobrevivência e a qualidade de vida dos doentes com tumores cerebrais pediátricos”, referiu fonte do Lions Clube de Famalicão em nota enviada ao JA e na qual também releva o papel da Vieira de Castro como uma “empresa consciente da sua responsabilidade social”.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem