https://autosolucoes.pt/

Prisão preventiva para homem reincidente na violência doméstica

Um homem de 47 anos foi, ontem, detido pela GNR, por violência doméstica no concelho de Santo Tirso.

O indivíduo já havia sido detido anteriormente pelo mesmo crime, cometido contra a esposa de 45 anos, em 2020, tendo sido obrigado a afastamento e proibição de contacto, controlado por pulseira eletrónica, que desobedeceu, acabando condenado a prisão domiciliária.

No entanto, continuou, segundo a Guarda, com os “comportamentos violentos”, com “ameaças de morte à vítima, bem como de destruição e incêndio da habitação”. A escalada de violência resultou na detenção de ontem, quando o suspeito “munido de um motosserra e de uma faca, ameaçou derrubar a porta da habitação, deixando a vítima e os filhos menores aterrorizados, motivos que levaram à sua detenção”.

Depois de detido, o homem foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal, que lhe decretou prisão preventiva.

O indivíduo está ainda referenciado nas autoridades por ofensas à integridade física e condução sob o efeito do álcool.

Leia também...