Oriental vence Desp. Aves com golo solitário de Mauro Bastos

Oriental vence Desp. Aves com golo solitário de Mauro Bastos

O Oriental venceu hoje o Desportivo das Aves por 1-0, em Lisboa, com um golo ‘solitário’ de Mauro Bastos, a 11 minutos do final, em jogo da 32.ª jornada da II Liga de futebol.
No Campo Engº Carlos Salema, a formação ‘grená’ marcou o único golo do encontro num remate de Mauro Bastos, que embateu num defesa e enganou Quim, já depois do Desportivo das Aves ter desperdiçado uma grande penalidade, aos 55.

Com este resultado, o Oriental soma agora 43 pontos e sobe ao 13.º lugar, ultrapassando o Académico de Viseu, que perdeu no terreno do Marítimo B por 1-0, enquanto o Desportivo das Aves se mantem no 18.º posto, com 37.

O Oriental entrou melhor no encontro, dominando por completo a primeira parte, beneficiando das únicas ocasiões para inaugurar o marcador, perante um Aves ‘tímido’ que não conseguia construir jogo e que raramente incomodou o guardião Ricardo Janota.

Com um domínio territorial acentuado, a equipa da casa encontrou a oposição de Quim, que aos 18 minutos negou um golo feito a Mauro Bastos, num remate já dentro da pequena área, parado por uma defesa instintiva do guardião de 39 anos, que voltaria a estar em destaque aos 24, ao defender um cabeceamento colocado de Henrique, após cruzamento de João Pedro.

O Aves apenas por uma vez chegou com perigo à baliza do Oriental, por intermédio do avançado Mauro Caballero, que rematou forte à entrada da área, com a bola a passar perto do poste esquerdo da baliza orientalista.

No início da segunda parte, o Oriental manteve o ascendente, mas aos 55 minutos a formação nortenha dispôs de uma grande penalidade, a castigar falta de João Pedro sobre André Costa, numa decisão muito contestada pela equipa da casa.

Na transformação do castigo máximo, o avançado Mauro Caballero rematou rasteiro e colocado, mas permitiu a defesa a Ricardo Janota.

Após esta oportunidade, o Desportivo das Aves equilibrou mais o encontro, mas os comandados de João Barbosa nunca perderam o foco na baliza de Quim e chegaram ao único golo do encontro através de um remate de Mauro Bastos, que bateu no defesa Romaric e ‘traiu’ o seu guarda-redes.

Até final, a equipa de Emanuel Simões tentou chegar ao golo do empate bombeando bolas para o meio campo da formação lisboeta, mas não conseguiu marcar, mesmo depois do Oriental ficar reduzido a dez elementos por simulação de Tom, em cima dos 90 regulamentares.

Lusa

Foto:arquivo

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização