Select Page

AMERICANA AMY YOES TRAZ “CORRESPONDENCES” AO MIEC

AMERICANA AMY YOES TRAZ “CORRESPONDENCES” AO MIEC

EXPOSIÇÃO SERÁ INAUGURADA ÀS 19H30 DE 8 DE FEVEREIRO E ESTARÁ PATENTE ATÉ 5 DE MAIO

“Correspondences” é o nome da próxima grande exposição do Museu Internacional de Escultura Contemporânea. Da autoria da artista plástica americana Amy Yoes, conjuga elementos decorativos e arquitetónicos e será inaugurada a 8 de fevereiro, pelas 19h30.

Associada a novas formas de expressão e mantendo um estreito contacto com a tradição iconográfica europeia, Amy Yoes traz uma exposição composta por esculturas da sua coleção e esculturas inéditas, onde serão visíveis os traços habituais que caraterizam o seu trabalho.

Dotada de uma carreira marcada pelo aperfeiçoamento da técnica nas suas mais variadas vertentes, Amy Yoes viveu em Houston, Chicago, São Francisco e Nova Iorque, cidades onde desenvolveu os seus estudos e deu os primeiros passos na carreira. Frequentou a School of the Art Institute of Chicago, uma das mais conceituadas instituições ligadas à arte contemporânea e, desde aí, foi aperfeiçoando a sua personalidade artística e explorando diversos media, como a instalação, pintura, vídeo, fotografia ou escultura.

Os seus trabalhos são tradicionalmente compostos por componentes de ornamentação e, recentemente, aliam também novos elementos que conferem tridimensionalidade, movimento e luz à componente decorativa e arquitetónica.

Esta não é, ainda assim, a primeira vez que o percurso de Amy Yoes passa por Santo Tirso. De entre os trabalhos de arte pública que desenvolveu encontra-se uma das esculturas instalada no MIEC ao ar livre. “Capriccio” chegou com o segundo simpósio, em 1993 e está instalada nas imediações do Mosteiro de São Bento.

Para o presidente da Câmara, Joaquim Couto, a exposição de Amy Yoes “vem dar continuidade ao vasto leque de artistas de renome que têm trazido exposições de relevo cultural incalculável ao MIEC e que ajudam a afirmar Santo Tirso como a Capital da Escultura Contemporânea”.

“Correspondences” poderá ser visitada, de forma gratuita, até 5 de maio.


“Capriccio” chegou com o segundo simpósio, em 1993 e está instalada nas imediações do Mosteiro de São Bento.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização