quant
Fique ligado

Notícias

Limites entre Famalicão, Santo Tirso e Trofa aprovados em Assembleia da República – 1 de Abril

Publicado

em

Publicidade

As fronteiras dos concelhos de Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Trofa ainda continuam por definir. 
A notícia que avançamos na tarde de sexta-feira em que referimos que os limites tinham sido aprovados em plenário da Assembleia da República trata-se do nosso engano de 1 de abril.

Foi aprovado, hoje, em plenário da Assembleia da República a definição dos limites geográficos entre os concelhos de Vila Nova de Famalicão, Santo Tirso e Trofa. Apesar de se manterem provisórios, até à publicação em Diário da República, que deverá acontecer nos próximos 15 dias, na reunião ficou definido que a zona do Alto da Cruz, em Lousado, Vila Nova de Famalicão, passa a ser parte integrante da freguesia de Bougado, concelho da Trofa, bem como a restante parte da freguesia de Lousado na margem sul do Rio Ave.
Pela perda desta parte da freguesia para o concelho da Trofa, o Município trofense tem de indemnizar o Município famalicense em 1,5 milhões de euros.
Com esta divisão, aprovada em plenário, passa a ser o meio do Rio Ave a delimitar as fronteiras entre o Município de Vila Nova de Famalicão e o da Trofa. Metade da ponte de Ribeirão passa a ser da Trofa, bem como a da Lagoncinha.
Na mesma sessão foram aprovados os limites definitivos entre Santo Tirso e Trofa. A Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP) definiu que o meio da autoestrada número 3 era a fronteira dos concelhos. O Município de Santo Tirso fica com a zona industrial de Fontiscos, mas perde parte da aldeia Várzea do Monte para o concelho da Trofa.
O assunto foi levado à discussão na manhã de hoje e depois aprovado com os votos favoráveis do PSD e PS. O PAN votou contra, enquanto o PCP, CDS, BE e PEV abstiveram-se.

Uma reportagem para ler na próxima edição do Jornal do Ave, no dia 13.

Continuar a ler...

lifestyle

Podcast: Prazeres Interrompidos (episódio 56)

Ouça, enquanto toma café, e conheça este livro sugerido por Octávio Nuno.

Publicado

em

Publicidade

O Jornal do Ave, em parceria com o tirsense Octávio Nuno, dá a conhecer o podcast “Prazeres Interrompidos”, um projeto de promoção da leitura para todos os públicos.

Neste episódio, é apresentado “The Invention of Power”, de Bruce Bueno de Mesquita.

Outras ligações para Prazeres Interrompidos
https://prazeresinterrompidos-1.start.page

Podcast Prazeres Interrompidos

“Livros como gelados e amores de verão / Em cada episódio, uma aventura. / Aperte o cinto, e deixe que a brisa do mar lhe tolde os sentidos”. São estas as frases que, para Octávio Nuno, mais bem contextualizam o podcast que criou em julho de 2022.

Ávido leitor desde criança, Octávio Nuno apanhou o gosto influenciado pelo avô, que “tinha alguns livros lá em casa”.

“Quero pensar que o meu podcast não é sobre livros. Que é, antes, sobre a vida, porque os autores escrevem, afinal, sobre o que é isto de existir. Por isso, falo sobre o amor, o desamor, o sofrimento e o desencontro, a felicidade e as paixões… ou seja, no fundo, é a vida num minuto”, descreve, sem deixar de revelar que o desejo maior é “dar aos outros um pouco” do seu “amor pelos livros”.

Um minuto é o tempo que, em média, dura um episódio de “Prazeres Interrompidos”, caracterizado por um texto temperado com “uma pitada de humor e ironia”.

Continuar a ler...

Santo Tirso

Apresentada imagem da mobilidade metropolitana que passará em Santo Tirso e Trofa

Publicado

em

Publicidade

Foi apresentada, esta sexta-feira, nas instalações da Área Metropolitana do Porto (AMP), a marca dos transportes públicos que vai servir os 17 Municípios, nos quais se inclui Santo Tirso e Trofa.

A marca “UNIR” pretende “resolver, em definitivo, a falta de uma rede de transportes públicos que ligue, de forma eficiente com horários ajustados e em preços acessíveis, os residentes e turistas da zona norte do País”.

Santo Tirso faz parte do Lote Norte Nascente, com Valongo, Paredes e Gondomar, enquanto a Trofa está incluída no lote Norte Centro, juntamente com a Maia e Matosinhos.

Continuar a ler...

Pode ler também...