Select Page

Homem apresenta-se na GNR a conduzir com 2,69 g/l

Homem apresenta-se na GNR a conduzir com 2,69 g/l

Foi até ao posto da GNR de Vila Nova de Famalicão no dia de Natal ao volante de um automóvel para fazer a apresentação periódica a que está sujeito desde fevereiro, mas acabou novamente detido. Tudo porque o homem, de 51 anos, estava visivelmente alcoolizado. Sujeito ao teste, acusou uma taxa de 2,69 g/l de álcool no sangue. Já não saiu do posto e esta quarta-feira foi presente a tribunal. Foi libertado, mas com mais um processo no já extenso cadastro criminal. O episódio inusitado aconteceu na terça-feira, dia de Natal, pelas 22h30.

O operário da construção civil, residente na freguesia de Calendário, apresentou-se no posto da GNR, como faz todas as terças-feiras, para cumprir a medida de coação a que foi sujeito em fevereiro, pelo Tribunal de Vila Nova de Famalicão – na altura foi detido por violência doméstica, resistência e coação.
Mas o estado de embriaguez com que se apresentou levou o militar que estava a fazer o atendimento a questionar como se tinha deslocado até ao posto. Sem hesitar, respondeu que chegou a conduzir, apontando até para o local onde tinha parado o carro, precisamente no parque de estacionamento da GNR.
Foi submetido ao teste de alcoolemia e o resultado foi surpreendente: 2,69 g/l, mais do dobro da taxa crime e que é punível com pena de prisão até um ano ou multa até 120 dias.

O homem acabou detido e o automóvel foi provisoriamente apreendido, até ser levantada a inibição de conduzir.
Fonte Correio da Manhã

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização