Festas de Sanguinhedo de 26 a 29 de julho

São cerca de 160 metros quadrados de miniaturas que retratam a vida de um Portugal, algum longínquo pela evolução dos tempos, outro ainda preservado pela tradição e gentes que cultivam a História. A cascata de Sanguinhedo é conhecida um pouco por todo o lado, pela extensão e pela fidelidade na retração de um país e de uma região que viveu dos moinhos, da agricultura, do comboio e dos convívios populares.
A cascata é um dos chamarizes da festa organizada pela Associação Amigos do Sanguinhedo e vai assinalar o arranque das festas na Ponte Velha, no domingo, 21 de julho.
Cinco dias depois a programação inicia com a atuação do grupo Trevo do Sucesso, pelas 21 horas. Os Leões da Batalha tomam conta do palco no dia seguinte, pelas 21.30 horas, e no sábado, a festa será anunciada pela cidade através de uma arruada de bombos. A noite fica entregue ao grupo Olhos d’Água, com a iluminação tradicional de milhares de tigelinhas e a habitual sessão de fogo de artifício.
No domingo, a noite será animada pelo Grupo Musical Sérgio Mirra, pela Escola de Gaitas da Ponte Velha e pelos Bombos do Sanguinhedo.
Durante a festa, o bar da Associação Amigos do Sanguinhedo estará aberto para reconfortar o estômago com petiscos e bom vinho.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização