FC Famalicão goleia Sporting B

FC Famalicão goleia Sporting B

O Famalicão goleou hoje o Sporting B, por 6-0, em partida da 14.ª jornada da II Liga, em que os minhotos, jogando quase todo o tempo em superioridade numérica, mostraram tremenda eficácia.

Depois da eliminação na quarta eliminatória da Taça de Portugal com uma derrota em Alvalade, perante a equipa principal do Sporting, a ‘desforra’ do Famalicão começou a desenhar-se aos 06 minutos, quando o sportinguista Ary Papel foi expulso. A partir daí, sucederam-se os golos, marcados por João Faria, Feliz, Mendes e Vitória Lima, na primeira parte, e Willian e novamente de Mendes, na segunda.

Com o seu quarto triunfo consecutivo no campeonato, o Famalicão mantém-se nos lugares de topo da tabela, com a subida de divisão no horizonte, enquanto o Sporting B, na segunda metade da classificação, arrisca-se a ficar mais perto da zona de despromoção.

A partida ficou cedo marcada pela tal expulsão do jovem ‘leão’ Ary Papel, alegadamente por contestar uma falta cometido por si, algo com que Hugo Miguel não contemporizou, mostrando a cartolina vermelha ao angolano.

A incidência destabilizou de imediato a formação lisboeta, que, na sequência na marcação dessa falta, no minuto seguinte, abriu a primeira brecha e permitiu ao central dos famalicenses João Faria inaugurar o marcador.

Os locais aproveitaram esse balanço para se imporem no desafio, controlando o jogo a partir do meio-campo e chegando mais vezes à baliza de um Sporting, que tentava readaptar-se e explorar timidamente o contra-ataque.

Nesta toada mais dominadora dos famalicenses, acabou por não surpreender o segundo golo, à passagem da meia hora, desta feita assinado por Feliz, numa recarga a um seu primeiro remate desviado pela defesa contrária.

O segundo tento abriu ainda mais as portas do jogo aos minhotos, que passados dois minutos fizeram o 3-0, com novamente Feliz em destaque, desta feita assistindo Mendes.

Mais do que culpas para os jovens ‘leões’, tudo corria bem aos comandados de Dito, que ainda antes do intervalo começaram a dar tons de goleada à vantagem, com o quarto golo apontado por Vítor Lima, num desvio astuto.

Pensava-se que o intervalo poderia inverter a toada a atacante inofensiva dos lisboetas e recalibrar a equipa defensivamente, mas dois minutos após o reatamento o Famalicão voltou a marcar.

Rui Costa isolou-se na área, e depois de atrair o guarda-redes sportinguista, não foi egoísta e endossou para que Willian, que acompanhou a jogada, rematasse para o 5-0.

Os ‘leões’ ainda tentaram inverter um rumo, até então à deriva, e numa tentativa de desvio de Rafael Barbosa e num par de lances de bola parada, ainda mostraram voluntarismo, mas sem nunca se revelar verdadeiramente perigosos.

Do outro lado, os donos do terreno mantinham-se em alta rotação, e ainda chegaram ao 6-0, num ‘bis’ de Mendes, assistido por Dani, que fechou as contas e o jogo de pesadelo para os jovens ‘leões’.

 

Texto: Lusa

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização