Select Page

Vila Nova de Famalicão volta a ser reconhecido como um eco-município

Vila Nova de Famalicão volta a ser reconhecido como um eco-município

Vila Nova de Famalicão foi reconhecido como um eco-município pelo segundo ano consecutivo, depois de ter recebido a Bandeira Eco XXI, que premeia a política ambiental e as boas práticas de sustentabilidade concretizadas pela autarquia. O galardão implementado em Portugal pela ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, foi entregue ao vereador do Ambiente, Pedro Sena, durante uma cerimónia realizada no passado mês de novembro, no Cineteatro de Estarreja.

O  galardão visa reconhecer e divulgar boas práticas como forma de concretizar uma ação pedagógica “pela positiva”, neste caso concreto junto dos municípios, considerados como agentes privilegiados de promoção do desenvolvimento sustentável.

O Programa realiza a identificação e atualização de objetivos-alvo concretizados através de múltiplas metas subjacentes aos critérios dos diversos indicadores. Pretende avaliar  o desempenho, mas também o caminho a percorrer no trabalho de construção da sustentabilidade. As metas estabelecidas são revistas anualmente e  baseiam-se, de uma forma geral, na legislação nacional e comunitária, ou na existência de convenções e protocolos internacionais, objeto de ratificação pelo Estado Português. Neste perspetiva, o Eco XXI apresenta-se como uma ferramenta útil à  gestão municipal, ao contribuir para a  monitorização e aferição de ações e políticas em diversas áreas da sustentabilidade.

Para o vereador do Ambiente, Pedro Sena “este reconhecimento nacional premeia o esforço desenvolvido na implementação de medidas e políticas ambientais no sentido da sustentabilidade, com especial destaque para a educação”. Além disso, “é uma motivação para continuarmos a trabalhar em prol de um território mais amigo do ambiente, mais verde e com mais qualidade de vida para as novas gerações”, assinalou o vereador acrescentando “que nesta área há ainda um longo caminho para ser percorrido”.

Este ano candidatam-se ao Programa ECOXXI 50 municípios (16 por cento das autarquias portuguesas), uma das maiores participações nas onze edições já realizadas, tendo sido atribuídas 47 Bandeiras Verdes.

A bandeira ficará agora hasteada no município como sinal de um município sustentável, que se preocupa com o meio ambiente.

Refira-se que o município foi ainda contemplado com 15 bandeiras para as Eco-escolas, tendo ficado em 27º lugar em 233 municípios.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização