Vila das Aves palco do Sonoridades em abril

Entre emergentes e músicos já consagrados, o auditório do Centro Cultural Municipal de Vila das Aves volta a ser palco do Sonoridades, um ciclo de quatro concertos com nomes de destaque da música moderna portuguesa.

A edição deste ano do Sonoridades abre a 24 de abril com o suave dedilhar de cordas e a voz doce de Mathilda. Natural de Guimarães, mas a residir em Londres, a artista faz esta “escala” em Vila das Aves com o disco de estreia em fundo (será editado no outono), mas com a promessa de novidades para este concerto.

Na importante data de 25 de abril, é Lula Pena quem sobe ao palco. Com a sua voz única e profunda e o seu peculiar estilo na guitarra, Lula Pena, inspirada por múltiplas referências, brinca com as fronteiras da canção popular e os mais finos poetas.

Na noite de 26 de abril, é Luís Severo quem toma conta do palco do Centro Cultural. Um falso “emergente” da música portuguesa, porque são já três os discos publicados e muitas as ‘andanças’ em concertos realizados nos principais palcos do país. Depois de uma residência artística nos Açores, regressa com novo álbum, a publicar neste primeiro semestre.

O encerramento do Sonoridades, a 27 de abril, fica por conta da dupla do porto Best Youth, constituída por Ed Rocha Gonçalves e Catarina Salinas. Na bagagem, ainda o celebrado “Cherry Domino”, disco publicado em 2018, inspirado de forma menos óbvia nos anos de 1980, e que os reafirmou como uma banda com muito futuro na moderna música portuguesa.

O Sonoridades é organizado pelo município de Santo Tirso e a direção artística está a cargo de 1bigo – Artistas e Eventos. Os bilhetes – o diário custa quatro euros e o geral 12 euros – podem ser adquiridos na loja interativa de Santo Tirso e no Centro Cultural Municipal de Vila das Aves.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização