Auto Soluções

Tirsense tem um dos podcast de livros mais ouvidos

“Livros como gelados e amores de verão / Em cada episódio, uma aventura. / Aperte o cinto, e deixe que a brisa do mar lhe tolde os sentidos”. São estas as frases que, para Octávio Nuno, melhor contextualizam o podcast que criou em julho deste ano e que tem conseguido manter-se no top dos mais ouvidos da plataforma Apple.

Ávido leitor desde criança, apanhou o gosto influenciado pelo avô, que “tinha alguns livros lá em casa”. Colecionou um número incontável de revistas de literatura, tendo, inclusive, conseguido, à base da insistência, que um quiosque em Santo Tirso colocasse à venda uma revista literária em língua inglesa. E nas visitas a Espanha com o pai, enquanto este “comprava caramelos”, Octávio abastecia-se “de revistas”.
Entre a paixão pela leitura, deu aso à criatividade na escrita e lançou o livro “O Silêncio das Palavras”, em nome de Sant’Ana, em homenagem ao nome de família, Santana.

Nos “cartapácios” multiplicam-se os contos e poesia que escreveu ao longo do tempo e que equaciona, agora, dar a conhecer através do podcast, que, para já, compila pequenos comentários às obras que vai lendo e que, para Octávio Nuno, não são mais do que visões da realidade humana.

“Quero pensar que o meu podcast não é sobre livros. Que é, antes, sobre a vida, porque os autores escrevem, afinal, sobre o que é isto de existir. Por isso, falo sobre o amor, o desamor, o sofrimento e o desencontro, a felicidade e as paixões… ou seja, no fundo, é a vida num minuto”, descreve, sem deixar de revelar que o desejo maior é “dar aos outros um pouco” do seu “amor pelos livros”.

Um minuto é o tempo que, em média, dura um episódio de “Prazeres Interrompidos”, caracterizado por um texto temperado com “uma pitada de humor e ironia”, que é ouvido “em cerca de 20 países”. A seguir a Portugal, os seguidores do podcast estão nos EUA e Espanha. O sucesso do projeto é uma realidade que ainda o espanta, porque nem tem feito grande divulgação.

Mas embalado neste cenário motivador que é estar entre os podcasts de livros mais ouvidos na internet, Octávio Nuno pensa fazer “edição de uma versão em inglês do podcast, mas no feminino, narrado através da tecnologia Text-to-Speech (TTS)”.
“Mas isto são apenas planos… porque tudo isto dá muito trabalho. Porque a minha prioridade é ler e o podcast é apenas dar aos outros um pouco do meu amor pelos livros”, revelou.

Leia também...