Tem mais de 65 e quer “companhia” online? Estes jovens criaram um projeto a pensar em si

Joana Paiva, de Ribeirão, Berta Soartes, de Vila Nova de Famalicão, Mafalda Ribeiro, de Guimarães, e João Baptista, de Espinho, são estagiários de Gerontologia, da Escola Superior de Saúde do Vale do Ave (CESPU) e procuram pessoas com mais de 65 anos que estejam sozinhos/ isolados durante o horário de trabalho dos familiares ou que não têm qualquer retaguarda, para lhes fazer “companhia” online.

Os jovens lançaram o projeto “Avós 5G”, a 26 de março de 2020, através do qual se propõem acompanhar os seniores nesta fase da pandemia de Covid-19, fazendo-lhes “companhia” online.

“Enviamos notícias atualizadas diariamente, sugerimos atividades, enviamos músicas, esclarecemos questões associadas ao processo de envelhecimento e estabelecemos contactos em caso de necessidade de compra de medicamentos ou bens essenciais com os voluntários locais”, explicaram os jovens que integram o Geron4You.

O acompanhamento geral é realizado através da página de facebook, https://www.facebook.com/teamgerontologia/, na qual fazem publicações com diversos temas. Já o acompanhamento personalizado é feito através do método de eleição de cada sénior, seja pelo email, Facebook, Whatsapp, Hangouts, Instagram, ou por meios mais tradicionais como mensagem, chamada ou até mesmo carta.

“Ainda estamos no início do projeto, por isso apenas estamos a acompanhar um idoso, sendo que ainda só trocamos um email, mas como é óbvio gostávamos de acompanhar muitos mais”, referiram, por isso solicitam a quem quiser usufruir deste acompanhamento – ou alguém que conheça quem possa dele usufruir – que entre em contacto com o grupo, através do Facebook.

Segundo os jovens, o feedback “por parte de quem tem visto a página tem sido bastante positivo e motivador”, reconhecendo que “o facto de muitos idosos não utilizarem as novas tecnologias é um entrave, porém para travá-lo temos a hipótese de os acompanhar através de cartas e temos um outro projeto em mente”.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização