“Sonoridades” com quatro concertos

O auditório do Centro Cultural Municipal de Vila das Aves recebe mais uma edição do “Sonoridades”, ciclo de concertos musicais com Mathilda, Lula Pena, Luís Severo e Best Youth.

O evento, que decorre entre 24 e 27 de abril com os espetáculos a começar sempre às 22 horas, pretende dar a conhecer ao público o trabalho de “músicos emergentes e já consagrados”, através de um trabalho concertado entre a Câmara Municipal de Santo Tirso e a produtora 1Bigo.
Mathilda tem a responsabilidade de dar o pontapé de saída do “Sonoridades”, a 24 de abril, com a promessa de levantar o véu do que será o disco de estreia, a editar no outono.

No Dia da Liberdade, o palco será de Lula Pena, considerada “figura misteriosa e singular da música portuguesa com um notável percurso internacional” e que “brinca com as fronteiras da canção popular e os mais finos poetas”.

Luís Severo é o terceiro nome do Sonoridades, um “falso emergente”, descreve a organização do evento, fundamentada pelos três discos já publicados e os vários concertos já realizados no país.

O festival encerra com a apresentação dos Best Youth, duo indie pop portuense composto por Ed Rocha Gonçalves e Catarina Salinas, que trará ao palco “Cherry Domino”, álbum lançado em 2018 e inspirado nos anos 80, que foi bem acolhido pela crítica.

Os ingressos para os concertos podem ser adquiridos na loja de Turismo de Santo Tirso e no Centro Cultural Municipal Vila das Aves. O passe diário custa quatro euros, enquanto o geral tem o valor de 12 euros.

A autarquia, promotora do evento, faz saber, pela voz do presidente Joaquim Couto, que o Sonoridades integra uma “programação cultural diversificada e transversal” e tem margem para “crescer”, tanto “em termos de número de espectadores”, como também no tipo de público, “não se circunscrevendo aos jovens”.

Notícias relacionadas...

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização