Select Page

Scoop cria horta e oferece sopa aos funcionários (c/ vídeo)

Nos dois hectares de terra contíguos à Scoop, empresa têxtil sediada em Cavalões, nascem as couves, batatas, cebolas, cenouras ou brócolos que, depois de confecionados na cantina da empresa, acabam no prato da sopa dos funcionários. A Scoop criou uma horta biológica, que quer certificar e que quer que, até 2020, evite mais idas ao supermercado para comprarem frutas e legumes.

“Todas as flores do futuro estão contidas nas sementes de hoje”. Inspirada neste provérbio chinês, a Scoop lançou, há cerca de quatro meses, as primeiras sementes de um projeto que espera tornar completamente sustentável dentro de dois anos. A horta biológica nasce da preocupação de Mafalda Pinto, administradora da Scoop, de “dar qualidade de vida aos colaboradores” e da necessidade de “reensinar as pessoas a comer”. “A sopa é como a pasta para os italianos. A sopa está presente no nosso dia a dia ao almoço e jantar e pareceu-me que fosse por aí que eu tivesse que começar. Uma sopa para todos tem que haver sempre”, afirmou a administradora.
Isenta de bioquímicos, a horta proporciona aos funcionários a possibilidade de comerem as frutas e legumes da época. “Ela já é biológica, o único fertilizante que usamos é a nossa própria compostagem”, explicou Mafalda Mota Pinto.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição n.º 135 do Jornal do Ave, já nas bancas.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização