Select Page

SANTO TIRSO REFORÇA APOSTA NA PROMOÇÃO DO EMPREENDEDORISMO E DO AUTOEMPREGO

SANTO TIRSO REFORÇA APOSTA NA PROMOÇÃO DO EMPREENDEDORISMO E DO AUTOEMPREGO
PROGRAMA DO INVEST SANTO TIRSO ENGLOBA CONCURSOS DE IDEIAS QUE DECORREM ATÉ 9 DE MAIO

Chama-se Santo Tirso Empreende e visa reforçar a aposta na promoção do empreendedorismo e do autoemprego. O programa, apresentado esta terça-feira, disponibiliza diversos mecanismos e instrumentos de apoio a novos projetos, nomeadamente apoio à elaboração do plano de negócios, acesso a um programa de mentoria ou sessões de consultoria especializada. “Nos últimos quatro anos, conseguimos uma redução drástica da taxa de desemprego no Município. Queremos continuar a ver esses números a baixar e, por isso, mantemos a aposta na área do empreendedorismo”, explicou o vice-presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa.

Inovação, competitividade e criatividade são os desafios que se colocam a quem quiser integrar o programa Santo Tirso Empreende, lançado pela Câmara Municipal, sob a alçada do Invest Santo Tirso. O novo projeto, apresentado esta terça-feira, procura estimular e incentivar a qualificação da capacidade empreendedora e criadora do concelho, disponibilizando mecanismos e instrumentos de apoio. No total, haverá quase 400 mil euros disponíveis para incentivar o empreendedorismo e o autoemprego. 

“Nos últimos quatro anos, conseguimos uma redução drástica da taxa de desemprego no Município. Queremos continuar a ver esses números a baixar e, por isso, mantemos a aposta na área do empreendedorismo”, explicou o vice-presidente da Câmara de Santo Tirso, Alberto Costa.

Segundo o vice-presidente da autarquia, Alberto Costa, o lançamento do projeto Santo Tirso Empreende “representa mais um passo na estratégia de reduzir a taxa de desemprego no Município, garantindo um apoio mais próximo e eficaz aos empreendedores e às microempresas inovadoras”.

Os participantes neste programa poderão usufruir de workshops e formações personalizadas, apoio à elaboração do plano de negócios, acesso a um programa de mentoria e a uma rede de Business Angels, bem como a sessões de consultoria especializada. As startups e microempresas poderão ainda beneficiar de um período de incubação na Fábrica de Santo Thyrso, espaço empresarial com um abrangente network.

O Invest Santo Tirso, recordou Alberto Costa, foi criado em 2015, com o objetivo de impulsionar a dinamização económica do concelho e apoiar os empresários locais e potenciais investidores. Em menos de três anos, apontou, “o programa já concedeu cerca de 10 milhões de euros em benefícios fiscais, tendo incentivado a criação de mais de 530 empresas”. “Ações que têm tido um forte impacto no emprego local, com a taxa de desemprego a descer 50,22 por cento entre 2013 e 2018”, acrescentou. 
CONCURSOS DE IDEIAS

Ainda no âmbito do Santo Tirso Empreende, arrancaram também esta terça-feira três concursos de ideias que têm como objetivo promover e incentivar ideias de negócio e a criação de novas empresas no Município.

A 1ª edição dos Concursos de Ideias Santo Tirso Empreende visa três áreas fundamentais para a economia do concelho: turismo, design e moda e design de moda. O programa divide-se em três fases. O período de candidaturas termina a 9 de maio, seguindo-se a avaliação por parte do júri dos concursos. As 10 melhores ideias de cada uma das áreas serão selecionadas para a segunda fase, altura em que os promotores destas terão acesso a coaching personalizado, workshops e a oportunidade de integrarem um espaço de co-working nas instalações do Invest Santo Tirso, na Fábrica de Santo Thyrso. 

A segunda fase encerra com a apresentação pública dos projetos, após a qual os três melhores projetos serão selecionados para a fase final, período em que os empreendedores receberão apoio jurídico na criação da empresa, acesso a uma rede de mentores e apoio na elaboração do plano de negócios, bem como acompanhamento permanente e informação acerca de instrumentos de capitalização e apoios disponíveis. As microempresas poderão ainda beneficiar da integração, por um período de seis meses, na incubadora da Fábrica de Santo Thyrso.

Podem candidatar-se ao programa, empreendedores, a título pessoal ou coletivo, ou microempresas criadas há menos de dois anos, cujos projetos sejam inovadores e se enquadrem nas áreas e objetivos dos concursos.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização