Auto Soluções- Campanha verão 2022

Santo Tirso homenageia escritor angolano Onjaki

O escritor angolano Ondjaki, um dos mais proeminentes autores africanos da atualidade, é este sábado homenageado em Santo Tirso, com um tributo que será o momento alto da semana da “Poesia Livre”, este ano dedicada às Vozes da Lusofonia. A sessão, com entrada livre, terá lugar na Câmara Municipal, a partir das 21h00, na noite deste sábado, 19 de março.

Ondjaki é, aos 44 anos, autor nos mais diversos géneros literários, que vão da poesia ao romance, passando pelo conto e pela literatura infantojuvenil. Os seus livros estão traduzidos em inúmeras línguas, destacando-se o francês, inglês, alemão, italiano, espanhol e chinês.

Apontado pelo jornal The Guardian como um dos cinco mais prolíficos autores africanos, Ondjaki tem sido alvo de várias distinções, desde a sua estreia literária em 2020, destacando-se o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco (2007), o Prémio Grinzane (2008) e o Prémio Bissaya Barreto (2012). Com o romance “Os transparentes” venceu o Prémio José Saramago (2012) e o Prémio Litterature-Monde (2016), na categoria de literatura não francesa.

O tributo a Ondjaki, com a presença do escritor, estará a cargo do professor Eusébio André Machado. Contará, ainda, com a presença de Luís Soares Barbosa e a atuação do Grupo de Gaiteiros da Ponte Velha.

Organizada pela Câmara Municipal de Santo Tirso, a “Poesia Livre” arrancou no passado dia 11 e encerra a 21 de março. Esta edição, dedicada às Vozes da Lusofonia, marca o regresso do evento, após um interregno provocado pela pandemia da Covid-19.

Leia também...