Santo Tirso é pioneiro no Plano Municipal de Competências Digitais (c/ vídeo)

Santo Tirso é o primeiro Município do país a ter um Plano Municipal de Competências Digitais. A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, esteve na sessão de apresentação do Plano e do projeto SantoTirso.net, que decorreu a 12 de junho, na Loja do Cidadão.

A autarquia tirsense volta a estar na linha da frente, com um plano inédito e cujo objetivo é que ninguém fique para trás na hora de usar um computador ou um telemóvel. Para combater a iliteracia digital, a autarquia tirsense vai implementar um conjunto de ações, até 2020, para que todos possam fazer coisas simples, através da internet, como acompanhar os processos na Câmara, inscreverem-se nas atividades municipais, submeter o IRS, agendar uma reunião na Loja do Cidadão ou até aceder a redes sociais e partilhar fotos e filmes com as pessoas próximas. Coisas simples que estão à distância de um clique e agora ao alcance de todos.
“Um programa como este procura que ninguém fique para trás”, afirmou o presidente da autarquia, Joaquim Couto.
A ministra informou que o Governo, através do programa Incode.2030, está a “trabalhar com Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), universidades da terceira idade, com freguesias e municípios que ajudem a motivar as pessoas e a encontrar os meios para poder dar-lhes a possibilidade de aprendizagem” sobre as novas tecnologias. Apesar do apoio partir de Lisboa, “a iniciativa e a motivação das pessoas tem que ser feita ao nível local”, explicou a ministra, e Santo Tirso foi o Município a dar o primeiro passo. Além disso, o Plano Municipal inclui também “uma iniciativa para melhorar as competências digitais de todos os que trabalham na Câmara Municipal de Santo Tirso”, acrescentou a governante.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição n.º 134 do Jornal do Ave, já nas bancas.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem