Select Page

Santo Tirso e Famalicão vencem projeto de Turismo Industrial

Santo Tirso e Famalicão vencem projeto de Turismo Industrial

Chama-se Rede Portuguesa de Turismo Industrial e foi um dos 3 projetos vencedores do programa ALA + T – Programa Nacional de Qualificação para a Administração Local Autárquica para o Turismo.

O projeto, criado por representantes dos municípios de Santo Tirso, Famalicão, Vila do Conde, Santa Maria da Feira, São João da Madeira e Vale de Cambra, pretende “estabelecer uma rede formal de parceiros na área do Turismo Industrial, potenciando os esforços já desenvolvidos nesta área através de ferramentas online e offline,que permitam apresentar aos turistas uma nova abordagem turística consistente e organizada. O objetivo passa por incrementar os fluxos de turistas que viajam para Portugal com uma motivação específica para a descoberta do Turismo Industrial, incidindo fora da época alta e em todas as regiões do país” que vai ser agora apoiado e financiado pelo Turismo de Portugal

Foram 160 os participantes do programa ALA + T – Programa Nacional de Qualificação para a Administração Local Autárquica para o Turismo – organizados em 19 grupos, que apresentaram os projetos de desenvolvimento para os respetivos territórios durante a sessão de encerramento que se realizou a 20 de fevereiro, no Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco.

O evento contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, do Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, e de representantes de mais de 90 autarquias nacionais e entidades públicas do setor.

O juri composto por Nuno Fazenda, Sérgio Guerreiro, Teresa Ferreira, Lídia Monteiro, Carla Simões, Ana Blanco, Fernanda Praça, Elisabete Félix e Nuno Alves, em representação do Turismo de Portugal e por Mónica Montenegro e João Gomes , em representação do IPDT, elegeram os 3 melhores projetos.

No total, o Turismo de Portugal irá apoiar 15 municípios e 1 Comunidade Intermunicipal.

Os 3 vencedores:

RPTI – Rede Portuguesa de Turismo Industrial (CM Famalicão, CM Santa Maria da Feira, CM Santo Tirso, CM São João da Madeira, CM Vale de Cambra, CM Vila do Conde)

Este projeto pretende estabelecer uma rede formal de parceiros na área do Turismo Industrial, potenciando os esforços já desenvolvidos nesta áreaatravés ferramentas onlinee offline,que permitamapresentar aos turistas uma nova abordagem turística consistente e organizada. O objetivo passa por incrementar os fluxos de turistas que viajam para Portugal com uma motivação específica para a descoberta do Turismo Industrial, incidindo fora da época alta e em todas as regiões do país.

DNA – Digital Nomads Adventure (CIM Tâmega e Sousa, CM Amarante, CM Baião, CM Cabeceiras de Basto, CM Mondim de Basto)

O projeto pretende criar condições para tornar o território (Amarante, Baião, Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto) como o primeiro espaço rural amigável para o segmento dos Nómadas Digitais, envolvendo a oferta de alojamento, de locais que possibilitem o co-working, de redes e eventos profissionais, e de experiências turísticas autênticas numa oferta que será́ estruturada pelos agentes dos municípios envolvidos. Este projeto explorar de forma articulada o ativo emergente “Living– Viver em Portugal”.

Portuguese Mills – Rota dos Moinhos de Portugal (CM Águeda, CM Albergaria-a-Velha, CM Nelas, CM Sever do Vouga, CM Vagos)

A Rota dos Moinhos de Portugal irá proporcionar, in loco, a fruição sensorial de uma etnocultura própria, recriando as vivências das gentes das terras, em torno do ciclo do pão. Ao abrigo deste projeto serão desenvolvidos roteiros de atividades e ferramentas de incentivo à visita (Passaporte Miles 2 Mills), integrando as comunidades e os seus saberes e potenciando a requalificação contínua dos espaços molinológicos em Portugal.

Ana Mendes Godinho e Luís Araújo já anunciaram a 2ª edição do programa ALA+T – Qualificar para o Turismo que terá início em Abril de 2019.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização