Auto Soluções

SANTO TIRSO CONQUISTA SEGUNDO LUGAR NO PROGRAMA BANDEIRA VERDE ECOXXI

As boas práticas de sustentabilidade valeram à Câmara Municipal de Santo Tirso uma pontuação de 87 por cento no programa Bandeira Verde ECOXXI, atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa. Município foi o segundo melhor entre os 59 concelhos a concurso.

Santo Tirso volta a receber a distinção de Bandeira Verde após as boas práticas de sustentabilidade do Município valerem, em 2022, o melhor resultado de sempre no programa Bandeira VerdeECOXXI, com uma pontuação de 87 por cento, que deixa o concelho no segundo lugar da tabela dos municípios a concurso.

“O nosso empenho na construção de respostas para a sustentabilidade tem sido crescente e reflete-se neste grande resultado – o melhor de sempre –, que nos deixa no topo, ao lado de outras grandes cidades portuguesas”, conta Ana Maria Ferreira, vereadora com o pelouro da Transição Climática.

Na cerimónia de entrega das Bandeiras Verdes, que decorreu esta quinta-feira, 27 de outubro, em Ermesinde, foi ainda anunciado que, dos 21 indicadores avaliados, o Município de Santo Tirso foi o melhor pontuado nos indicadores que avaliam as políticas para as “Alterações Climáticas” e “Valorização do Papel da Energia na Gestão Municipal”.

“Estas distinções demonstram todo o trabalho que temos feito, com estratégias que se refletem, depois, na forma como as pessoas vivem Santo Tirso e como nos preparamos para os desafios ambientais do futuro”, acrescenta a vereadora.

O concelho está, assim, no “TOP 10” do concurso, junto de municípios como Pombal, Torres Vedras, Águeda, Braga, Oeiras, Sintra, Lousã, Leiria e Valongo.

Em Santo Tirso, a candidatura à Bandeira Verde ECOXXI tem vindo a ser trabalhada ao longo do tempo para convergir cada vez mais com as metas estabelecidas na Agenda 2030. Com este objetivo, o Programa encontra-se alinhado com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), mais especificamente com as metas que estão direta ou indiretamente ligadas ao trabalho diário dos municípios.

Ao todo, 59 concelhos portugueses concorreram este ano ao projeto, tendo sido atribuídas 54 Bandeiras Verdes. Para se candidatar ao ECOXXI, o município fornece informação relativa às ações, atividades e políticas de sustentabilidade implementadas no ano anterior, que é avaliada por um grupo de peritos que integram a Comissão Nacional onde estão representadas 34 instituições, entre universidades e associações ambientalistas, por exemplo.

O resultado da candidatura resume-se num índice global percentual de políticas de sustentabilidade segundo o referencial ECOXXI. A Bandeira Verde ECOXXI, é atribuída a todos os municípios cujo índice global é igual ou superior a 50 por cento.

À semelhança das conhecidas Bandeiras Azuis que distinguem as melhores praias, o ECOXXI é um programa de educação para a sustentabilidade, implementado em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa desde 2005, e tem como objetivo a identificação e o reconhecimento de boas práticas de sustentabilidade valorizando, entre outros aspetos, a educação no sentido da sustentabilidade e a qualidade ambiental.

Leia também...