https://autosolucoes.pt/

Recluso detido por desobediência às medidas COVID-19

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial de Vila Nova de Famalicão, ontem, dia 19 de março, deteve um homem de 43 anos por desobediência após reincidir na violação do dever geral de recolhimento domiciliário, em Vila Nova de Famalicão.

Durante uma ação de patrulhamento, os militares da Guarda verificaram que o suspeito, ao se aperceber da presença da patrulha, iniciou uma fuga apeada, tendo os militares conseguido intercetá-lo. Após diligências policiais, foi possível apurar-se que o suspeito era um dos intervenientes da tentativa de furto que ocorreu no dia 17 de março no concelho de Barcelos, e que já era reincidente no incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário.

Pelo facto de se tratar de um recluso em gozo de licença de saída administrativa extraordinária, o suspeito foi encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Vale do Sousa. 

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

A Guarda mantém o seu esforço de atuação tendo em vista garantir, através de uma presença dissuasora, que a população cumpre os normativos legais atualmente regulamentados para Estado de Emergência, em especial o dever geral de recolhimento domiciliário, bem como o dever de confinamento obrigatório e outras medidas aplicáveis para a contenção da pandemia e redução do risco de contágio da doença COVID-19, sendo o patrulhamento orientado para os locais e espaços públicos de maior circulação e propícios ao ajuntamento de pessoas.

Leia também...