https://emac.autosolucoes.pt/

Pulseira eletrónica por violência doméstica em Santo Tirso

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, ontem, dia 7 de abril, deteve um homem de 43 anos por violência doméstica, no concelho de Santo Tirso.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, habitual consumidor de bebidas alcoólicas, terá, de forma reiterada, agredido, injuriado e ameaçado de morte as vítimas, sua mãe de 73 anos, irmã de 37 anos e sobrinha de 17 anos, com as quais vivia há vários anos. Durante esse período, ocorreram vários episódios de violência, nos quais o agressor exigia dinheiro às vítimas, a fim de satisfazer o seu vício, sendo que, quando tal lhe era negado, tornava-se muito violento. Além do terror a que submetia a sua mãe e demais familiares, também causava alarme social na população local, chegando a cometer atos de maus-tratos a animais de companhia. Perante a gravidade dos factos e o escalar dos episódios de violência física e psicológica, foi emitido um mandado que culminou na detenção do agressor.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial hoje, dia 8 de abril, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento imediato da residência das vítimas, proibição de as contactar por qualquer meio ou forma e de se aproximar dos locais habitualmente frequentados por estas, não se podendo aproximar das mesmas numa distância inferior a 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.

A ação contou com o apoio do Posto Territorial de Vila das Aves.

Leia também...