https://autosolucoes.pt/viaturas/

Pulseira eletrónica para suspeito de ameaçar e perseguir esposa

Um homem de 46 anos foi detido, em Santo Tirso, na terça-feira, dia 20, no âmbito de uma investigação de violência doméstica levada a cabo pela Guarda Nacional Republicana.

As diligências feitas pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto resultaram no apuramento de que o suspeito “habitual consumidor de bebidas alcoólicas, terá injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua esposa de 47 anos, com quem está casado há 22”.

“Num dos episódios de violência, o suspeito terá ameaçado que iria incendiar o carro da vítima, passando ainda a persegui-la de forma constante”, fez saber a GNR em comunicado.

Após a detenção, o homem foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, que lhe determinou como medidas de coação “o afastamento da residência da vítima, proibição de contactar a vítima por qualquer meio ou forma, proibição de se aproximar dos locais habitualmente frequentados pela vítima, num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica”.

A ação contou com o reforço dos militares do posto territorial de Santo Tirso.

Leia também...