Select Page

PSD de Famalicão abre ciclo autárquico em reflexão e debate com a sociedade

PSD de Famalicão abre ciclo autárquico em reflexão e debate com a sociedade

O Partido Social Democrata de Vila Nova de Famalicão quer impulsionar o debate e a reflexão no concelho à volta dos temas que interessam às pessoas e dos temas estruturantes para a sustentabilidade do futuro. Para isso, o presidente da Comissão Política Concelhia, Paulo Cunha, apresentou hoje, segunda-feira, 7 de outubro, em conferência de imprensa, a abertura de um novo ciclo autárquico para preparar o partido e os seus agentes para melhor servirem Vila Nova de Famalicão. “É chegado o momento de iniciar um percurso que permita preparar o PSD para o desafio autárquico de 2021, com o sentido de responsabilidade que o município tem. Somos um partido ao serviço das pessoas e concentrado nos seus problemas e para isso temos que as ouvir”, disse Paulo Cunha.

Rodeado de responsáveis e representantes das quatro secções do PSD local (ASD – Autarcas Social Democratas, JSD – Juventude Social Democrata, MSD – Mulheres Social Democratas, e TSD – Trabalhadores Social Democratas), Paulo Cunha explicou que as segundas-feiras dos próximos meses são de debate e reflexão, entre as 21h00 e as 22h00, na sede do partido, em iniciativas alternadamente impulsionadas pelas quatro secções do partido, abertas ao público e sobre temas que as pessoas desejem ver debatidos.

A dinâmica começa já esta semana com uma conversa à volta do Ser Autarca, missão e desafios, organizada pelo Autarcas Social Democratas. “Todos os famalicenses são convidados para participar e trazerem contributos”, desafia Paulo Cunha.

Paralelamente a esta dinâmica, o partido quer aprofundar ideias ao nível da sustentabilidade e, para isso, desafiou quatro personalidades famalicenses a liderarem o processo de problematização e de apresentação de propostas nas áreas da sustentabilidade social, ambiental económica e democrática.  Na área social, foi convidado o professor Pedro Oliveira, na área ambiental, a investigadora Teresa Luísa Silva, na económica, o vereador Augusto Lima e na área democrática Estela Patrícia Castro. “Queremos que cada uma destas pessoas seja motivadora, facilitadora, provocadora, ajudando a trazer para o centro do debate, reflexão e pensamento externo nestas áreas”, assinalou o presidente da concelhia.

“No partido Social Democrata, estamos habituados a preparar os embates eleitorais de uma forma positiva, construtiva e através da força das nossas ideias. Queremos ouvir ao máximo a nossa comunidade, para continuarmos a sermos o partido com melhores condições para governar Vila Nova de Famalicão”, concluiu.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização