https://covid19.min-saude.pt/

https://muroplaco.pt/pt

Prepare-se para o frio. Proteção Civil alerta para descida da temperatura

Face às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera de tempo muito frio, com vento, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil lançou um comunicado, em que dá conta da “da descida da temperatura mínima em todo o território do Continente, hoje (05JAN) e amanhã (06JAN), com valores entre – 4ºC e 8ºC e temperatura máxima que varia entre 5ºC e 17ºC”; “vento de quadrante Leste (6 de janeiro), soprando mais intenso nas terras altas (até 45 km/h), a partir da madrugada”, “possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro; possibilidade de chuva com congelação”, “formação de gelo e geada” e “desconforto térmico elevado, devido à descida da temperatura mínima e aumento da
intensidade do vento”.

Perante esta situação, a ANEPC elenca uma série de medidas que a população deve adotar:

– Que se evite a exposição prolongada ao frio e às mudanças bruscas de temperatura;
– Manter o corpo quente, através do uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;
– A proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol) e calçado quente e antiderrapante;
– A ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;
– Especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade;
– Acautelar a prática de atividade física no exterior, prestando atenção às condições do piso para evitar quedas;
– Prestar atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo).

A nível da proteção coletiva:
– Especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex.: braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação devido à acumulação de monóxido de carbono e levar à morte;
– Que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;
– Que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;
– Que se tenha em atenção a condução em locais onde se forme gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;
– Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Foto: coletive_studio

Leia também...