Select Page

Passe único chega a Vila Nova de Famalicão – mentira de 1 de abril

Passe único chega a Vila Nova de Famalicão – mentira de 1 de abril

Publicamos esta noticia no dia 1 de abril, e sim esta era uma noticia para marcarmos o dia das mentiras e não corresponde à verdade.
Um pouco por todo o mundo, são muitos os que levam esta data muito a sério. Para esses, esta é uma ocasião perfeita para brincar com familiares, amigos e até com os colegas de trabalho, que são muitas vezes as pessoas mais à mão, enganando-os por diversão. Adivinhar qual a inverdade do dia publicada por sites e jornais é outro dos hábitos já instituídos.

As origens do Dia das Mentiras são incertas. Muitos investigadores associam, contudo, a data ao papa Gregório XIII, que em 1582 quis substituir o calendário juliano pelo gregoriano. O dia de ano novo passou a ser assinalado a 1 de janeiro, em vez do fim de março, embora na altura muitas pessoas continuassem a festejá-lo a 1 de abril. Uma mentira que, segundo muitos, pode afinal ter dado origem à tradição de mentir nesta data.

A nossa noticia do dia 1 de abril, o dia das mentiras foi:


A partir desta segunda-feira, o novo passe único custa no máximo 40 euros mensais por utente e permite viajar em todos os operadores de transportes públicos, em viagens intermunicipais, entre Vila Nova de Famalicão, Barcelos, Guimarães, Braga, Póvoa de Varzim, Trofa e Santo Tirso.

O acordo para a implementação deste novo passe foi assinado no passado sábado, entre o governo e os diferentes municípios abrangidos.

Dentro da área do mesmo município os passes têm o custo mensal de 30 euros. A apresentação deste novo passe será feita na próxima semana, na central de transportes.

Videos

Loading...

Siga-nos

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização