Auto Soluções

Parque junto aos antigos correios nas Caldas da Saúde vai ser requalificado

O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, apresentou ontem à noite o projeto de requalificação do Parque Pinto Leite e zona envolvente, que constitui um desejo antigo da população de Areias. A apresentação decorreu durante uma sessão pública, realizada no Salão Paroquial da Palmeira, no âmbito da iniciativa Presidência Mais Próxima, que levou o autarca a visitar a União de Freguesias de Além-Rio (Areias, Sequeirô, Lama e Palmeira). 

Orçada em 410 mil euros, a empreitada de requalificação do Parque Pinto Leite deverá arrancar no próximo mês de julho e, além do jardim, vai envolver intervenções na Rua Pinto Leite, Rua Prof. Doutor Joaquim Pires de Lima, Rua Albino Sousa Cruz e Rua Padre José Maria Alves. 

Segundo Alberto Costa, “este projeto de requalificação vai reforçar a centralidade do local, envolvendo a dotação da via com as infraestruturas necessárias, bem como a melhoria da acessibilidade e condições de segurança”. 

“Esta empreitada vai permitir valorizar o espaço público, através de um desenho urbano cuidado, e privilegiar o uso de toda esta zona por parte do peão”, explicou. Além disso, “visa promover e valorizar a utilização do Parque Pinto Leite pela população como espaço de estar, de convívio e de lazer”. 

Ainda de acordo com Alberto Costa, “a intervenção irá também reforçar a ligação dos espaços comerciais e de restauração da Rua Albino Sousa Cruz ao miolo do parque”. 

Com um prazo de execução de 180 dias, a obra de requalificação do Parque Pinto Leite deverá estar concluída em dezembro de 2023. 

A apresentação do projeto foi o culminar de um dia inteiramente dedicado às quatro antigas freguesias de Além-Rio, que envolveu a realização da reunião pública de Câmara no espaço do Salão Paroquial da Palmeira, além da visita à Escola Básica de Areias, à Unidade de Saúde Familiar das Caldas da Saúde e a um conjunto de obras em curso ou já financiadas pela Câmara Municipal ou pela Junta da União de Freguesias. 

Entre esses locais, destaque para a Estrada Municipal 510, cuja conclusão da requalificação, no percurso entre o Polidesportivo da Lama e o limite do Município com Vila Nova de Famalicão, arrancará já no próximo ano. Segundo Alberto Costa, trata-se de um “importante investimento, que irá ultrapassar os 400 mil euros”. 

O presidente da Câmara de Santo Tirso destacou, aliás, vários investimentos para a União de Freguesias de Além-Rio que, segundo anunciou, “vai receber, em 2023, um dos valores mais altos de sempre em transferências correntes e de capital, estimados em mais de 230 mil euros”. 

“Nestas verbas está incluído o plano de erradicação de ruas em terra, para o qual a Câmara prevê transferir 100 mil euros, em 2023, com o objetivo de dar continuidade ao processo de requalificação da rede viária desta União de Freguesias”, disse Alberto Costa. O autarca recordou, a propósito, terem sido investidos 400 mil euros, nos últimos três anos, para a concretização deste plano nas quatro antigas freguesias. 

Ainda no capítulo dos investimentos em Além-Rio, Alberto Costa lembrou que “um dos principais problemas assumidos pela Câmara Municipal e pela Junta diz respeito à rede pública de saneamento”, razão pela qual visitou as obras de ampliação que decorrem na antiga freguesia de Sequeirô. 

“Quando esta obra terminar, em fevereiro de 2023, terão sido investidos mais de 900 mil euros na ampliação da rede de saneamento, para construir mais de 409 ramais de ligação e aumentar em mais 7,5 quilómetros a extensão da rede pública apenas nesta União de Freguesias”, sublinhou. 

Depois da visita a Lamelas e Guimarei, em maio passado, esta foi a segunda ação da Presidência Mais Próxima, uma iniciativa promovida por Alberto Costa com o objetivo de aproximar a gestão autárquica dos cidadãos, sobretudo aqueles que residem fora do centro do concelho, ouvindo as suas necessidades e pretensões. 

Leia também...