Pais de Dianinha criam associação para ajudar meninos com cancro

Os pais de Diana já tinham garantido que toda a ajuda que receberam para levar a filha para ser tratada em Barcelona quando os tratamentos em Portugal se esgotaram daria “para ajudar outros”.

Em outubro de 2016, Diana, com dois anos e de Vila Nova de Famalicão, acabou por perder a luta contra um neuroblastoma de nível 4 – sem ter tido possibilidade de ser tratada em Espanha -, mas o exemplo de “força” e o “sorriso contagiante” foram imortalizados com a criação da Associação Amigos da Dianinha. Os pais da menina querem agora “homenageá-la”, ajudando os amigos que ela deixou no IPO do Porto.

Leia a notícia completa na edição 81 do Jornal do Ave, nas bancas até 26 de abril.

Obrigado por ler esta notícia

Veja tambem