https://emac.autosolucoes.pt/

ÓRGÃOS AUTÁRQUICOS DE SANTO TIRSO TOMARAM POSSE PARA O NOVO MANDATO

PRESIDENTE DA CÂMARA, ALBERTO COSTA,PROMETE “HONRAR O PROJETO POLÍTICO ESCOLHIDO PELA POPULAÇÃO”

Os novos Órgãos Autárquicos do Município de Santo Tirso tomaram hoje posse, numa cerimónia em que o presidente da Câmara Municipal eleito nas eleições autárquicas de 26 de setembro, Alberto Costa, assumiu o compromisso de “honrar o projeto político escolhido pela população”.

Alberto Costa, que havia assumido a presidência da Câmara Municipal em junho de 2019, contará com uma equipa de seis vereadores com pelouro, mais um do que no mandato anterior, fruto da eleição da atleta olímpica Sara Moreira, que assumirá a pasta do Desporto.

Sublinhando que a confiança da população não significa “um cheque em branco”, Alberto Costa recordou ter-se candidatado à presidência da Câmara com um projeto composto por “cinco eixos prioritários para o mandato 2021-2025”.

“Sentir-me-ei orgulhoso e de consciência tranquila se, no final do mandato que hoje se inicia, cumprir tudo aquilo que está no nosso compromisso eleitoral”, afirmou o autarca, que lembrou ter definido a “transição climática como aquele que será, provavelmente, o principal eixo no próximo mandato”.

Na área do Ambiente, que ficará entregue à vereadora Ana Maria Ferreira, Alberto Costa enumerou um conjunto de projetos que pretende concretizar no ciclo autárquico 2021-2025, designadamente a criação da Ecovia Pedonal e Ciclável de Santo Tirso, com uma extensão de 10 quilómetros, bem como a ligação entre o Parque Urbano Sara Moreira e o Parque do Verdeal, igualmente para peões e bicicletas.

Ainda no domínio ambiental, o autarca pretende executar o Plano Estratégico para a recuperação do Rio Leça, que inclui vários projetos como a ampliação do Centro Interpretativo do Monte Padrão e a criação do Parque Ribeirinho da Ponte de Pau, na Agrela, entre outros.

Na área da Transição Digital, cujo pelouro será assumido pela vereadora Sílvia Tavares, o presidente da Câmara adiantou que “o esforço vai ser feito no sentido de reforçar os equipamentos informáticos nas escolas, descentralizar os serviços municipais em todos os espaços do cidadão e reforçar a rede wi-fi gratuita em equipamentos municipais e espaços públicos”.

No âmbito da Coesão Social, que ficará da responsabilidade do vereador José Pedro Machado, Alberto Costa salientou, entre outros projetos, a intenção de “alargar os apoios aos alunos e famílias para aquisição de material escolar até ao 12º ano, alargar a consulta de saúde oral a todos os centros de saúde do Município e comparticipar a vacina contra a varicela às crianças até aos dois anos”.

Ainda neste domínio e ao nível do abastecimento de água, o novo executivo irá “criar o tarifário social e o tarifário para famílias numerosas”, sendo também um objetivo “manter uma política de alívio da carga fiscal dirigida às famílias e às empresas, bem como de taxas e tarifas municipais” e, ainda, “apoiar a ampliação e a modernização dos equipamentos sociais da IPSS”.

O quarto eixo prioritário diz respeito à requalificação do espaço público, cuja pasta será assumida pelo próprio Alberto Costa. “A prioridade vai ser a execução do Plano de Reabilitação Urbana de Vila das Aves, a construção de um pavilhão desportivo no Vale do Leça e a criação das rotundas de Fontiscos e da Ermina, para melhorar as acessibilidades às Áreas de Acolhimento Empresarial”, disse.

Por fim, a área do Investimento e Emprego ficará também a cargo de Alberto Costa, que destacou o objetivo de “reforçar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos anos”, com resultados que se traduzem “em cerca de 250 milhões de euros de investimento captado para Santo Tirso nos dois últimos mandatos”.

Nesta área, Alberto Costa aproveitou para anunciar “a instalação em Santo Tirso de uma das maiores cadeias de supermercados do mundo, de origem alemã, que vai investir, a partir do início do próximo ano, cerca de 45 milhões de euros e criar cerca de 200 novos postos de trabalho”.

“Tudo farei para não desiludir quem em mim e em nós confiou”, concluiu o presidente da Câmara Municipal, acrescentando que “desiludir a população de Santo Tirso será desiludir a minha terra e as pessoas da minha terra”.

Na cerimónia tomaram posse os membros da Assembleia Municipal de Santo Tirso, que passa a ser presidida por Fernando Benjamim, sucedendo ao presidente cessante, Rui Ribeiro.

Foram, também, empossados os eleitos para a Câmara Municipal: o presidente Alberto Costa e os vereadores com pelouro Nuno Linhares, que assumirá a vice-presidência, Sílvia Tavares, Ana Maria Ferreira, José Pedro Machado, Tiago Araújo e Sara Moreira. Tomaram, igualmente, posse os vereadores sem pelouro, Carlos Alves e Quitéria Roriz.

A cerimónia, que decorreu no átrio dos Paços do Concelho, contou, ainda, com um momento musical interpretado pela Tuna Musical de Rebordões.

Leia também...