Auto Soluções

Ópera, concerto e duo de guitarras para celebrar Dia da Música

A efeméride do Dia Mundial da Música é assinalada em Vila Nova de Famalicão, nos dias 1 e 2 de outubro, com três espetáculos, na Casa das Artes e no Teatro Narciso Ferreira (TNF).

Domitila, uma mini-ópera em um ato, de João Guilherme Ripper (música e libreto) baseada nas cartas de D. Pedro I e da Marquesa de Santos, é o espetáculo que abre as comemorações, no sábado, dia 1 de outubro, às 21h30, no Grande Auditório da Casa das Artes de Famalicão.

Durante, cerca de uma hora, a soprano Sara Braga Simões, acompanha por Ricardo Alves (clarinete), Burak Ozkan (violoncelo) e Christina Margotto (piano), vai dar corpo à encenação concebida por Pedro Ribeiro. Produção Mestres Viajantes e coprodução Casa das Artes.

No mesmo dia 1 de outubro, às 21h30, também o Teatro Narciso Ferreira (TNF), em Riba de Ave, apresenta o Duo Arsis, um dueto de guitarras fundado em dezembro de 2016, composto por Nuno Jesus (Portalegre) e João Robim (Famalicão), que começou na Universidade de Évora.

Do programa consta a interpretação de peças de T. Hamasyan,

J. S. Bach, T. Quintas; C. Debussy, M. Castelnuovo-Tedesco e F. Chopin.

Entrada neste espetáculo é livre até à lotação da sala, com levantamento prévio de bilhete, na bilheteira do TNF, uma hora e meia antes do inicio do espetáculo.

No dia 2, domingo, às 11h30, as comemorações prosseguem na Casa das Artes de Famalicão com os Concertos para as Famílias 202, no 5.º Ciclo de Concertos Promenade. O espetáculo incide sobre a temática: A Dança na Música Portuguesa, com a ARTEAM – Escola Profissional Artística do Alto Minho (Viana do Castelo).

Os Concertos para as Famílias 2022, adotam o formato dos Concertos Promenade, de maio a dezembro, aos domingos de manhã, em que a grande música, tocada pelas Orquestras das Escolas Profissionais, e explicada com interação multimédia, é usufruída por todas as idades num ambiente descontraído e de grande qualidade artística.

Leia também...