Auto Soluções

Município de Santo Tirso não aumenta tarifário de lixo há 9 anos

O executivo municipal aprovou em reunião de Câmara desta quinta-feira, 23 de dezembro, o tarifário do serviço de resíduos urbanos para 2022. Reduções implementadas a partir do ano de 2019 irão manter-se no próximo ano.

Estabelecido em função dos consumos de água desde 2019, o tarifário aprovado representa uma redução no preço do lixo de dois por cento para consumidores até 15 metros cúbicos abrangidos pela rede pública de água, e de 10 por cento para os consumidores com cinco metros cúbicos beneficiários do serviço de recolha domiciliária, nomeadamente em Santo Tirso e em Vila das Aves.

Neste sentido, um consumidor médio (escalão 7,9 m3) vai manter a descida de 7,7% na recolha porta a porta (Santo Tirso e Vila das Aves) e de 5,23% na recolha coletiva (fora de Santo Tirso e Vila das Aves).

Um consumidor médio com recolha domiciliária vai pagar, assim, uma fatura de 7,66 euros por mês, em vez dos 8,30 euros em vigor até março de 2019. Por sua vez, o consumidor médio beneficiário da recolha coletiva passa a pagar 6,16 euros por mês, por oposição aos 6,50 pagos até 2019.

Também as famílias mais carenciadas irão continuar a sentir alívio na fatura do lixo. “As tarifas sociais abrangem cerca de mil famílias, e estas serão beneficiadas por uma redução de 80% na fatura do lixo, contra os 70% antes de março de 2019”, revelou o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, durante a reunião de Câmara.

A proposta de tarifário para o ano de 2022 merece, de resto, uma boa classificação por parte da ERSAR-Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos, no que diz respeito ao indicador “Acessibilidade Económica”, que mede o rendimento disponível de cada família para fazer face às despesas com o serviço de lixo.

O Município de Santo Tirso não aumenta o tarifário do serviço de resíduos urbanos há nove anos. Alberto Costa explica que esta aposta “se insere num conjunto de políticas municipais mais alargadas que têm sido desenvolvidas com o objetivo de aliviar os orçamentos das famílias e das empresas”.

Leia também...