Auto Soluções

Município de Famalicão integra Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora

O executivo municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou, na última Reunião de Câmara, a adesão do município famalicense à Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora (RAID), projeto que tem como principal objetivo apoiar os emigrantes portugueses e lusodescendentes que queiram investir ou alargar a sua atividade económica em Portugal, mas também as empresas nacionais que queiram internacionalizar os seus negócios através da diáspora.

Com a adesão à RAID, a autarquia de Famalicão pretende assim desenvolver a economia local e valorizar Famalicão no contexto internacional, disponibilizando aos empresários concelhios uma rede maior de contactos para a troca de experiências e aquisição de novos parceiros comerciais e atraindo a comunidade emigrante a investir no concelho.

A este propósito, a Câmara Municipal e a Fundação AEP (Associação Empresarial de Portugal) promoveram, no passado dia 28 de julho, um encontro da Rede Global da Diáspora que teve lugar no Centro de Estudos Camilianos. A iniciativa contou com a presença do vereador da Economia e Empreendedorismo do município, Augusto Lima, e do administrador da Fundação AEP, Henrique Veiga de Macedo.

Aos vários empresários presentes neste encontro foram apresentadas as plataformas criadas no âmbito do projeto Rede Global da Diáspora que contêm informação das empresas criadas no estrangeiro por emigrantes portugueses e das empresas portuguesas exportadoras, promovendo o matching para a promoção de negócios e das exportações.

É o caso do Portal de Negócios (www.portaldenegocios.redeglobal.pt) – uma base de dados que conta atualmente com cerca de 5 mil portugueses, em 130 países, e com empresas exportadoras que se registam à procura de oportunidades de negócio e networking internacional – e da plataforma Diáspora Business Intelligence (http://bi.redeglobal.pt/)

Leia também...