Select Page

Município apoia 273 jovens universitários

Município apoia 273 jovens universitários

O executivo municipal da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão aprovou, por “unanimidade”, a proposta para a atribuição das bolsas de estudo relativas ao ano letivo 2017-2018.

Na reunião do executivo, a 8 de março, Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, afirmou que, “em 2013”, assumiu “aumentar em 50 por cento o investimento nas bolsas de estudo” e conseguiu “cumprir”. O aumento da verba municipal passou de 120 mil euros, em 2013, para cerca de 180 mil euros, em 2018, e, no que toca aos alunos beneficiados, passou “de 145 alunos, em 2013, para 273, em 2018”, com “apoios que oscilam entre os 1100 euros e os 500 euros”.

O edil famalicense declarou que, “atualmente, os jovens estão melhor informados acerca dos apoios existentes, muito graças ao trabalho desenvolvido pelo município, através da divulgação das iniciativas, que tem levado a informação até todos os jovens”. “Não queremos que ninguém fique de fora dos apoios por falta de informação. Com este apoio a Câmara Municipal dá um sinal de justiça social à comunidade, sendo intérprete da vontade do concelho”, completou.
Paulo Cunha considerou que a atribuição das bolsas de estudo é “um apoio fundamental para os jovens e para as centenas de famílias beneficiadas”. “O sucesso educativo dos famalicenses é muito importante para o futuro do nosso concelho, pois a presença de grandes empresas em Famalicão exige mão de obra qualificada e a qualificação consegue-se com o aprofundamento dos estudos”, completou.

A cerimónia de entrega das bolsas de estudo está agendada para o próximo dia 28 de março, Dia Nacional da Juventude.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª pagina edição Papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização